iklan

DÍLI, HEADLINE, NACIONAL, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

Filipe da Costa: papel dos jovens é fundamental na luta contra má nutrição e nanismo infantil

Filipe da Costa: papel dos jovens é fundamental na luta contra má nutrição e nanismo infantil

Imagem Especial

DÍLI, 12 de julho de 2023 (TATOLI) – A Unidade de Missão de Combate ao Nanismo (UMCN), em parceria com o Conselho Nacional da Juventude de Timor-Leste (CNJTL), organizou um seminário para se discutir o estabelecimento de uma rede nacional de jovens. Esta parceria tem em mira contribuir para dar uma resposta, agora com um espírito colaborativo, aos compromissos assumidos na Declaração Díli.

Declaração Díli foi assinada em dezembro de 2022 pelo Governo timorense, pelo Movimento Scalling Up Nutrition  (SUN) da ONU e ainda por académicos e representantes do setor privado e da sociedade civil, tendo como meta contribuir para a concretização do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) número 2 – Erradicar a fome, alcançar a segurança alimentar, melhorar a nutrição e promover a agricultura sustentável.

O Diretor-Executivo da UMCN, Filipe Costa, afirmou que o seminário constituiu “uma oportunidade para reunir grupos de jovens e se discutirem planos e novas formas de melhorar o conhecimento dos cidadãos sobre o consumo de alimentos nutritivos, de modo a combater a má nutrição no país”.

Na opinião de Filipe Costa “é necessário que todas as partes cooperem para que Timor-Leste possa alcançar o objetivo relativo à nutrição da Agenda 2030, para que o país fique livre de todas as formas de má nutrição”.

O dirigente afirma-se consciente que aspetos como a insegurança alimentar, o ambiente, a água e saneamento são relevantes no combate à desnutrição e ao nanismo infantil. Todavia, julgando também muito relevante o comportamento das pessoas no consumo de alimentos nutritivos, considera que os jovens, via CNJTL, podem assumir um papel relevante na educação das pessoas.

A Vice-Presidente do CNJTL, Clotilde Teresa Guterres, disse, por sua vez, que o conselho está empenhado em facultar formação sobre estratégias de combate à subnutrição aos jovens timorenses, contando, para isso, com a colaboração dos parceiros de desenvolvimento internacionais.

“Iremos proporcionar um reforço das capacidades para melhorar o conhecimento dos jovens sobre o combate à má nutrição e ao atraso de crescimento, bem como sobre alimentos nutritivos e alimentos seguros. Faremos esforços para envolver todos os grupos de jovens a partilhar ideias e a estabelecer uma rede”, garantiu.

Recorde-se que o Executivo alocou, em 2019, 44 milhões de dólares americanos para atividades de Nutrição e em 2020 o orçamento foi reforçado com 56 milhões provenientes do Fundo COVID-19.

Em 2021, o Governo alocou ainda 68 milhões de dólares, no âmbito do Pacote de Recuperação e Estímulo à Economia e em 2022 aumentou novamente o valor para 117 milhões, dos quais se incluem as despesas associadas ao Programa Cesta Básica.

Segundo os dados da Pesquisa de Alimentação e Nutrição de 2020, 47% das crianças sofrem de nanismo e 8,8% com menos de cinco anos apresentam peso inferior ao ideal.

Notícia relacionada:UNICEF recomenda a Timor-Leste que reforce o combate à desnutrição

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!