iklan

INTERNACIONAL, EDUCAÇÃO, DÍLI, HEADLINE

EUA disponibilizam bolsas de estudo a timorenses

EUA disponibilizam bolsas de estudo a timorenses

Imagem da Tatoli /Egas Cristóvão.

DÍLI, 08 de maio de 2023 (TATOLI) – O Chefe dos Assuntos Públicos da Embaixada dos Estados Unidos da América (EUA) em Timor-Leste, Tim Johnson, e o Diretor Executivo do Fundo de Desenvolvimento do Capital Humano (FDCH), Cristóvão dos Reis, assinaram um acordo relativo à atribuição de bolsas de estudo para estudantes timorenses.

Tim Johnson referiu que o acordo vai proporcionar oportunidades de intercâmbio a timorenses que ambicionem prosseguir os seus estudos nos EUA.

“O nosso esforço conjunto vai permitir atribuir bolsas de estudo para prosseguir estudos a jovens timorenses. Esperamos reforçar a nossa cooperação e contribuir para a concretização dos objetivos do Plano Estratégico de Desenvolvimento Nacional de Timor-Leste”, referiu o dirigente num comunicado a que a Tatoli teve acesso.

Tim Johnson recordou que a assinatura do acordo surge na sequência de um memorando de entendimento assinado em dezembro de 2022 entre a Embaixada dos EUA e o Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura, cujo objetivo era o reforço da cooperação no domínio do intercâmbio no ensino superior.

O dirigente lembrou que, aquando da assinatura do referido memorando, os EUA tinham anunciado a expansão de ofertas de bolsas de estudo para Timor-Leste, bem como a abertura  de mais nove vagas, quer para estudantes e académicos timorenses prosseguirem estudos nos EUA, quer para estudantes e académicos americanos conduzirem investigações em Timor-Leste.

De acordo com o responsável, “o financiamento das bolsas será da responsabilidade do Instituto de Educação Internacional, uma organização global sem fins lucrativos que facilita programas de intercâmbio internacional, dos quais se incluem o Programa Fulbright que se destina a estudantes estrangeiros de pós-graduação e jovens profissionais”.

Já o Diretor Executivo do FDCH, Cristóvão dos Reis, explicou que a assinatura deste acordo é o primeiro passo para que se abram vagas ao público. Segundo o mesmo, estão previstos, este ano, cerca de 150 mil dólares americanos para bolsas de estudo.

Notícia relevante: Intercâmbio de bolsas de estudo permite mobilidade de estudantes timorenses e norte-americanos

 Jornalista: Camilo de Sousa/ Domingos Piedade Freitas

Editora: Nélia Borges

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!