iklan

INTERNACIONAL, EDUCAÇÃO, HEADLINE, NACIONAL, NOTÍCIAS DE HOJE

Comissão G quer que Portugal alargue o apoio a crianças com necessidades educativas especiais

Comissão G quer que Portugal alargue o apoio a crianças com necessidades educativas especiais

Foto do Parlamento Nacional

DÍLI, 16 de março de 2023 (TATOLI) – O Presidente da Comissão G, que trata dos assuntos de Educação, Juventude, Cultura e Cidadania, António Verdial, valorizando o papel do apoio de Portugal via escolas do Projeto CAFE, solicitou ao Governo português que alargasse o escopro deste apoio a crianças com necessidades educativas especiais, especialmente às crianças cujas deficiências obstaculizam o processo de ensino-aprendizagem.

“Observamos que as escolas dos Centros de Aprendizagem e Formação Escolar têm ajudado o país, estudantes e professores, no ensino e aprendizagem da língua portuguesa”, disse o deputado em declarações aos jornalistas, no Palácio do Governo.

No que toca a crianças com necessidades educativas especiais, António Verdial, declarou que “o Estado timorense respeita os direitos humanos de todas as pessoas” e, na continuidade, pediu: “se possível, o Estado português podia apoiar os estudantes com deficiências”.

Neste pedido, tendo obtido uma resposta positiva do Secretário de Estado da Educação de Portugal, António Leite, o deputado acrescentou que “Portugal está comprometido em apoiar as pessoas com deficiência”.

“O Estado português vai apoiar esta proposta para integrar pessoas com deficiências. Por isso, não preciso de me referir a verbas. O Estado português apoiou sempre o setor da educação, pois os dois países são irmãos”, referiu.

Por sua vez, António Leite revelou que “o desenvolvimento da língua portuguesa nas escolas CAFE, através da cooperação entre Timor-Leste e Portugal, tem potencial para crescer”, salientando que “o nível de qualidade da educação da Escola Portuguesa Ruy Cinatti e o das escolas CAFE não encontra ainda paralelo com outros países. Por isso, o Governo português ainda está comprometido em alargar as escolas CAFE ao novo município de Ataúro e a outros municípios”.

Notícia relevante: Portugal e Timor-Leste assinam protocolo para continuidade do Projeto CAFE

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!