iklan

EDUCAÇÃO, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

CI e PNUD lançam manual de escrita jornalística sobre violência contra mulheres

CI e PNUD lançam manual de escrita jornalística sobre violência contra mulheres

CI e PNUD lançam manual de escrita jornalística sobre violência contra mulheres. Imagem Tatoli/Francisco Sony.

DÍLI, 13 de junho de 2022 (TATOLI) – O Conselho de Imprensa (CI) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) elaboraram um manual de escrita jornalística sobre violência contra as mulheres e crianças.

“Temos de saber procurar as informações nos espaços apropriados, saber como entrevistar as vítimas para que relatem informações verídicas. O manual é um documento complementar ao plano de ação nacional sobre violência de género”, afirmou o representante do PNUD, Jó Monteiro, no Hotel Novo Turismo.

O Conselho de Imprensa e o PNUD vão disponibilizar o manual a bibliotecas e a centros de pesquisa, pois “o assunto é transversal e é necessário sensibilizar a população”.

Jó Monteiro disse que o CI vai apresentar o manual em causa em Conselho de Ministros para a aprovação.

Já o Embaixador da União Europeia em Timor-Leste, Andrew Jacobs, disse que os jornalistas têm um papel fulcral na educação dos telespetadores, leitores e ouvintes.

“A imprensa é fator chave na consolidação da democracia. Por isso, a eu através do programa Iniciativa Spotlight, tem o compromisso de apoiar Timor-Leste na prevenção da violência contra as crianças e mulheres”, afirmou o diplomata.

Andrew Jacobs garantiu que a UE continua a promover o direito das crianças e das mulheres nas áreas remotas.

O Presidente do CI, Virgílio Guterres, disse que “os jornalistas são muito importantes, pois relatam todas as formas de violência baseada no género e divulgam as injustiças sociais”, disse o presidente.

O responsável agradeceu ao PNUD e à UE pelo apoio concedido na produção do manual.

O documento pretende orientar os órgãos de comunicação social na elaboração de títulos fidedignos em vez de títulos sensacionalistas, promover a cooperação com ONG na prevenção da violência, entre outros.

Recorde-se que a UE disponibilizou 50 mil dólares, através do PNUD, para a pesquisa e a produção do referido manual. O acordo foi assinado em junho de 2021.

Notícia relevante: CI e PNUD produzem manual de escrita jornalística sobre violência contra as mulheres

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!