iklan

ECONOMIA, EDUCAÇÃO, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Brígido Sousa defende que setor privado é “coração da economia” do país

Brígido Sousa defende que setor privado é “coração da economia” do país

Diretor Executivo do Conselho de Administração do BNCTL, Brígido de Sousa. Imagem Tatoli/Francisco Sony.

DÍLI, 11 de dezembro de 2021 (TATOLI) – O Diretor-Executivo do Conselho de Administração do Banco Nacional de Comércio de Timor-Leste (BNCTL), Brígido de Sousa, defende que as empresas “devem ser o sangue e o coração da economia do país”.

O diretor-executivo falava este sábado num seminário sob o tema “A influência do sistema bancário na economia nacional e mundial”, no Instituto do Empreendedor da Eiros (EEI, em inglês), em Mandarim, Díli.

“O setor privado deve ser o sangue e o coração da nossa economia, porque estamos excessivamente dependentes do Fundo Petrolífero”, afirmou.

O dirigente aconselha a que, para que se reduza a dependência do fundo petrolífero e este não se esgote, “se adote uma política de investimento no setor produtivo”.

Brígido de Sousa explicou também que a função do banco é conceder crédito às empresas que devem gerir os seus negócios de forma eficaz para que consigam receitas e proporcionem oportunidades de emprego que assegurem o desenvolvimento e o crescimento económico do país.

O Diretor-Executivo do EEI, João Paulo Gama Guterres, disse, por sua vez, que o seminário é pertinente, pois o tema em causa é estudado pelos formandos.

“O tópico é muito importante para os formandos e o público. Assim, todos podem conhecer o trabalho do BNCTL. No processo do desenvolvimento nacional, não devemos depender do Governo, mas contar com a contribuição do setor privado”, referiu.

Participaram no seminário 42 formandos e os funcionários do Eiros.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!