iklan

EDUCAÇÃO, DÍLI

Acordo entre ME e Centro Nacional Chega enriquecerá escolas com bibliotecas e conteúdos sobre história de Timor-Leste

Acordo entre ME e Centro Nacional Chega enriquecerá escolas com bibliotecas e conteúdos sobre história de Timor-Leste

Ministra da Educação, Dulce de Jesus e o Diretor-Executivo do CNC, Hugo Fernandes. Foto da Tatoli/Egas Cristóvão.

DÍLI, 04 de outubro de 2023 (TATOLI) – A criação de bibliotecas escolares e o enriquecimento curricular de conteúdos tidos como insuficientes nos dois primeiros ciclos caracterizam a renovação do acordo entre o Centro Nacional Chega (CNC) e o Ministério da Educação (ME).

Assim, se o enriquecimento de matérias curriculares da área de história de Timor-Leste que, pela natureza de um corpo de conteúdos, subordinados ao tema Da Memória à Esperança, também permite dotar os 1.º e 2.º ciclos de uma componente de educação cívica e direitos humanos, as bibliotecas escolares permitirão que as escolas envolvidas disponham de um acervo de livros ao alcance dos estudantes.

No caso concreto da história, o enriquecimento curricular materializa-se pela introdução de um novo tema Da Memória à Esperança. No caso das bibliotecas escolares, diversificam-se as fontes bibliográficas que permitem aos professores e alunos ter acesso a livros que abordam episódios de violações dos direitos humanos, a luta pela libertação de Timor-Leste bem como o seu direito à autodeterminação.

Segundo o Diretor-Executivo do CNC, Hugo Fernandes, a renovação da colaboração entre o ME irá permitir a revisão e alteração dos programas que têm sido implementados, dos quais se destacam seminários, competições escolares e a criação de bibliotecas escolares. Além disso, irá também ser constituída uma equipa técnica para avaliar e monitorizar periodicamente as atividades levadas a cabo.

Para a Ministra da Educação, Dulce de Jesus, “o trabalho do CNC contribui significativamente para o desenvolvimento do currículo dos 1.º e 2.º ciclos do ensino básico”, acrescentando que atualmente os do 3.º ciclo e ensino secundário estão em fase de revisão do currículo.

Da parceria entre o CNC e o ME, que se iniciou em 2018, resultou, entre outras, na criação de 14 bibliotecas escolares e na distribuição de 4.521 livros.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!