iklan

EDUCAÇÃO, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Centro Nacional Chega oferece formação sobre direitos humanos a 30 guardas prisionais     

Centro Nacional Chega oferece formação sobre direitos humanos a 30 guardas prisionais     

Trinta guardas prisionais participam na formação sobre direitos humanos. Fotografia/Agapito Santos.

DÍLI, 27 de abril de 2023 (TATOLI) – O Centro Nacional Chega (CNC) organizou uma formação destinada aos guardas prisionais timorenses sobre direitos humanos e justiça transitória. A atividade decorreu, entre 26 e 27 de abril, no salão do instituto público, em Balide.

O Diretor-Executivo interino do CNC, Metódio Caetano Moniz, destacou que a iniciativa tem como objetivo melhorar a relação entre guardas e presos e, com isso, reduzir os casos de violência no ambiente prisional.

“A prisão é um local para reeducar e consciencializar. Desta forma, é necessário que os direitos humanos sejam respeitados, para que a dignidade seja garantida”, afirmou Metódio.

Participaram da formação 30 guardas. Nas próximas semanas, profissionais que atuam nos postos administrativos de Gleno e Suai particirão o curso.

Paulo Siqueira, chefe de execução penal da prisão de Becora, sublinhou que é importante o conhecimento da lei para que os guardas, cientes delas, evitem atuações inadequadas.

“Tenho muito orgulho de participar nesta formação. Temos que agir corretamente, por mais que o ambiente e o trabalho sejam, muitas vezes, desafiadores”, avaliou.

Criado em 2016, o CNC é um instituto público que realiza atividades de consciencialização e educação sobre a história e a cultura do país, com o objetivo de promover a reconciliação nacional e a construção de uma sociedade democrática. Além disso, o Centro oferece programas de formação para estudantes, académicos, jornalistas e demais cidadãos.

 Equipa da TATOLI

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!