iklan

HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

Ministério da Saúde e parceiros avaliam qualidade de medicamentos

Ministério da Saúde e parceiros avaliam qualidade de medicamentos

Ministério da Saúde e parceiros avaliam qualidade de medicamentos. Fotografia da Tatoli/Francisco Sony.

DÍLI, 14 de fevereiro de 2023 (TATOLI) – O Ministério da Saúde (MS) e a Organização Mundial de Saúde organizaram uma equipa para avaliar o processo de aquisição e a qualidade dos medicamentos dos hospitais no país, disse a Ministra da Saúde, Odete Freitas Belo.

Os peritos vão avaliar aspetos legais na importação de medicamentos, bem como a política de aquisição e de controlo de medicamentos nas farmácias privadas e no Serviço Autónomo de Medicamentos e Equipamentos de Saúde (SAMES), bem como avaliar se os procedimentos operacionais estandardizados (SOP, em inglês) estão a ser respeitados.

Ministra da Saúde, Odete Freitas Belo.

“Queremos avaliar o trabalho da Autoridade Reguladora de Medicamentos, por isso o Ministério da Saúde e a OMS convidaram peritos para avaliar as atividades de controlo e os mecanismos de aquisição de fármacos”, afirmou Odete Belo, no Hotel Novo Turismo.

Segundo a governante, os resultados da avaliação e as recomendações dos peritos vão ajudar o ministério a melhorar os seus serviços. Acresce que, “os peritos vão, ainda, avaliar a implementação das normas exaradas nos documentos sobre a segurança e a qualidade dos medicamentos”, disse.

O representante do Programa de Parceria Estratégica e do Programa de Fortalecimento e Liderança Regulatória do Indo-Pacífico, Paul Huleatt, disse, por sua vez, que a intenção é avaliar o serviço da Autoridade Reguladora de Medicamentos do Ministério da Saúde de modo a contribuir para a sua melhoraria”.

Representante da Organização Mundial de Saúde em Timor-Leste, Arvind Mathur.

O representante da Organização Mundial de Saúde em Timor-Leste, Arvind Mathur, garantiu que a OMS tem estado a apoiar em formações específicas sobre competências que os profissionais de saúde devem adquirir. “Trabalhamos com os parceiros para facultarem formação de competências de recursos humanos em vários departamentos das unidades hospitalares no país”, disse o representante.

A este propósito, Arvind Mathur lembrou que a OMS já facultou formação a mais de 100 profissionais de saúde do ministério para estes melhorarem o se desempenho médico.

Notícia relacionada: OMS alerta para o uso inadequado de medicamentos

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!