iklan

ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Especialista explica natureza do eclipse solar híbrido

Especialista explica natureza do eclipse solar híbrido

Meteorologista Osório Anuno.

DÍLI, 02 de fevereiro de 2023 (TATOLI) – O eclipse solar híbrido, que vai acontecer em 20 de abril em Timor-Leste, vai misturar três tipos de eclipses: total, parcial e alunar, disse o meteorologista Osório Anuno, da Direção Nacional da Meteorologia e Geofísica do Ministério dos Transportes e Comunicações.

“Num eclipse solar híbrido misturam-se três tipos de fenómenos com três tipos de resultados sobre a terra: um escuro total, um escuro parcial e uma parte escura apenas durante alguns minutos. O eclipse solar tem uma duração máxima de sete minutos, mas Timor-Leste não vai chegar a estes minutos. É um fenómeno raro”, afirmou à Tatoli, em Cacicoli.

Osório explicou que o eclipse solar híbrido é provocado quando o corpo celeste da lua se posiciona entre o sol e a terra. “Os planetas ficam em alinhamento. A lua fica entre o sol e a terra”.

Trata-se de um tipo raro de eclipse solar que se inicia como um eclipse anular e termina como um eclipse solar total. Acontece porque a sombra da Lua não toca a superfície curva da Terra nos extremos – nascer e pôr-do-sol.

O que o torna tão raro é o alcance, extremamente estreito, da sombra da Lua para atingir a Terra, o que faz com que só seja observável por uma faixa estreita na terra. Timor-Leste é uma das zonas que se localizará nesta faixa estreita. O eclipse solar híbrido vai ser visível a 100% na ponta leste, em Baucau, Lautém e Viqueque, a 98% em Covalima, Manatuto e Same e a 84% nas restantes da região do país.

O metereólogo apelou a todos os cidadãos que usassem óculos solares quando observarem este fenómeno natural dado que pode causar lesões oculares se olhado sem proteção. “O eclipse solar híbrido do tipo anular pode causar cegueira de acordo com estudos de cientistas, por isso é preciso usar óculos solares”, sugeriu.

O Diretor-Geral do Ministério do Turismo, Comércio e Indústria, Jelino Soares, tinha dito que o Governo se preparava para receber os turistas e os cientistas que vão chegar em abril para ver o fenómeno.

Notícia relevante: Eclipse solar híbrido de abril implica preparação para a visita de turistas

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!