iklan

INTERNACIONAL, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Dia Mundial do Animal: Preservar biodiversidade é crucial para a cadeia alimentar

Dia Mundial do Animal: Preservar biodiversidade é crucial para a cadeia alimentar

DÍLI, 04 de outubro de 2022 (TATOLI) – O Dia Mundial do Animal é celebrado a 4 de outubro. O objetivo é promover a importância do bem-estar das espécies animais.

A este propósito, o Diretor da Biodiversidade da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), Rui dos Reis Pires, destacou a importância da data para assegurar a sustentabilidade da vida animal e da cadeia alimentar.

“Os animais são essenciais para a sustentabilidade humana, uma vez que a sua existência é crucial para a cadeia alimentar, pelo que a sua extinção é perigosa”, informou Rui Pires, à Tatoli, em Mandarim, Díli.

O responsável aconselhou o público a proteger e a salvaguardar os recursos da biodiversidade, porque isso ajuda a contribuir para o desenvolvimento sustentável do país.

“Apelo ao público para parar de matar e caçar animais selvagens e espécies em extinção. A gestão sustentável da vida selvagem é importante para assegurar que as nossas gerações futuras possam ver estes animais fantásticos”, sugeriu.

Rui Pires salientou que o Governo, em parceria com grupos ambientais comunitários, implementou o programa tara bandu em todas as aldeias para salvaguardar as espécies de fauna e flora protegidas.

Ainda de acordo com o Diretor, existem sanções para aqueles que destroem a biodiversidade. Eles serão processados ​​nos termos dos artigos 215 a 221 do Código Penal:  poderão ser condenados  de três a cinco anos de prisão ou a pagar coimas entre os mil e os dez mil dólares americanos.

O docente da área veterinária da Faculdade de Saúde Animal da Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL), Alípio de Almeida, considerou que esta celebração é essencial para consciencializar o público sobre a importância de cuidar dos animais.

“A data é relevante para os veterinários informarem o público sobre a importância de cuidar da saúde animal, bem como desenvolver Timor-Leste através do setor agropecuário”, informou Alípio de Almeida, à Tatoli no Campus da  UNTL.

Para assinalar o Dia Mundial do Animal, a Faculdade de Saúde Animal da UNTL e o Ministério da Agricultura e Pescas (MAP) vão organizar um seminário nacional que visa partilhar informações sobre a prevenção de propagação da febre aftosa e sobre gestão sanitária de animais mortos.

O dia em causa foi escolhido em 1931, durante uma convenção de ecologistas em Florença, Itália, uma vez que se celebre também o dia de São Francisco de Assis, Santo protetor dos animais e padroeiro da ecologia.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!