iklan

EDUCAÇÃO, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Livro “As Memórias da Guerra 1975-1979” um percurso sobre guerras civis e invasão da Indonésia

Livro “As Memórias da Guerra 1975-1979” um percurso sobre guerras civis e invasão da Indonésia

Escritor Paulo da Costa Amaral. Imagem/PR.

DÍLI, 09 de agosto de 2022 (TATOLI) – O escritor Paulo da Costa Amaral reuniu-se com o Presidente da República, Ramos Horta, para lhe oferecer um exemplar do livro “As Memórias da Guerra em 1975-1979”.

O autor disse que a ideia de escrever o livro lhe surgiu porque queria eternizar as memórias do seu percurso na guerra civil em 1974 e na invasão da Indonésia em 1975.

“A obra reflete o meu percurso na guerra civil entre a União Democrática Timorense (UDT) e a Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (FRETILIN) e o que vivi desde a invasão da Indonésia até à minha rendição em 1979”, informou Paulo da Costa Amaral, no Palácio Presidencial.

Segundo o autor, o livro, composto por 682 páginas, descreve também a guerra contra a ocupação da Indonésia na fronteira, aborda a estratégia de guerra de Mao Tsé-Tung da China, que a FRETILIN adotou na resistência, e ainda foca as históricas reuniões em Soibada e em Laline Larigutu.

O escritor revelou também que esta obra pretende informar o público sobre as circunstâncias da ocupação ilegal dos militares indonésios em Timor-Leste.

Paulo Amaral recorda-se, com especial relevância, das operações que os militares da Indonésia realizaram em Atsabe (Ermera) e em Cailaco (Bobonaro) entre setembro e outubro de 1975.

O autor acrescentou que demorou quatro anos a escrever este livro, lançado em dezembro de 2021 pelo Centro Nacional Chega e disponível em português.

“Espero que o meu livro seja uma referência para as novas gerações”, concluiu.

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!