iklan

INTERNACIONAL, ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Programa YEES contempla uma verba de sete milhões de dólares americanos

Programa YEES contempla uma verba de sete milhões de dólares americanos

Representante da KOICA e o Ministro das Finanças, Rui Gomes, assinam um acordo financeiro. Imagem Tatoli/António Daciparu.

DÍLI, 22 de junho de 2022 (TATOLI) – A Agência de Cooperação Internacional da Coreia do Sul (KOICA, em inglês), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e os ministérios das Finanças, do Turismo e do Comércio e Indústria (MTCI) assinaram hoje um acordo financeiro que prevê um montante de sete milhões de dólares americanos para a implementação do Programa de Competências em Empreendedorismo e Emprego para a Juventude (YEES, em inglês).

O Vice-Ministro do Turismo, Domingos Antunes Lopes, assegurou que a implementação do programa prevê um período de seis anos.

“O orçamento visa apoiar jovens que trabalharam na Coreia do Sul e em Inglaterra, aproveitando uma situação em que os ex-trabalhadores na diáspora dispõem de um orçamento suficiente para criarem autoempregos”, afirmou o governante, no Ministério das Finanças.

Domingos Antunes referiu que o programa vai ser implementado pelo Instituto de Apoio ao Desenvolvimento Empresarial, pelos MTCI, pelo PNUD e pela Secretaria de Estado da Juventude e Desporto e pela Secretaria de Formação Profissional e Emprego.

A representante do PNUD em Timor-Leste, Lazima Onta-Bhatta, destacou, por sua vez, que o programa poderá ter um papel assinalável no combate à pobreza e ao desemprego.

“O programa pretende ajudar os jovens na criação de autoempregos”, considerou.

No que à implementação do programa diz respeito, a Diretora Nacional da KOICA, Eunjo Cha, indicou que aquele marcará presença em Baucau, Díli, Ermera e em Liquiçá, adiantando que beneficiará cerca de 35 mil jovens.

Eunjo Cha informou ainda que KOICA contribuiu com seis milhões de dólares, aos quais se juntam contribuições pecuniárias do MTCI e do PNUD.

Por sua vez, o Ministro das Finanças, Rui Gomes, disse que o apoio é pertinente, pois contribuirá para mitigar a falta de qualificações entre os jovens, asseverando que “cerca de nove mil jovens, entre os 15 e os 24 anos não têm competências de trabalho. Agradeço, por isso, o apoio significativo da KOICA”, afirmou.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!