iklan

HEADLINE, NACIONAL, NOTÍCIAS DE HOJE

STAE distribui material eleitoral por 1.191 centros de votação no país

STAE distribui material eleitoral por 1.191 centros de votação no país

STAE distribui equipamento eleitoral para segunda volta do sufrágio nos municípios e diáspora. Imagem Tatoli/António Dasiparu.

DÍLI, 18 de abril de 2022 (TATOLI) – O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) distribuiu hoje, em simultâneo, pelos centros de votação de todo o território material eleitoral para a segunda volta das eleições presidenciais.

“O STAE efetuou a distribuição de materiais e infraestruturas necessários para o ato eleitoral em 1.191 centros de votação de 12 municípios e na Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno (RAEOA)”, afirmou o Diretor-Geral do STAE, Acilino Branco, em Caicoli, Díli.

O dirigente recordou também que o STAE distribuiu, entre 13 e 15 de abril, equipamentos para as eleições timorenses em cinco países.

No que toca aos centros de votação e estações de voto a nível nacional, Aileu conta com 73 centros e 80 estações, Ainaro 70 centros e 88 estações, Baucau 125 centros e 150 estações, Bobonaro 130 centros e 150 estações, Covalima 80 centros e 92 estações.

Em Díli, registam-se 130 centros e 237 estações, Ermera 115 centros e 135 estações, Lautém 80 centros e 91 estações, Liquiçá 72 centros e 80 estações, Manatuto 70 centros e 78 estações, Manufahi 94 centros e 112 estações, RAEOA 60 centros e 88 estações e Viqueque 92 centros e 110 estações.

Na diáspora, a Austrália conta com centros de votação nas cidades de Darwin, Sydney e Melbourne, enquanto na Coreia do Sul os eleitores poderão votar em Seul.  Portugal terá dois centros de votação – um em Lisboa e outro no Porto. No Reino Unido, os votantes poderão deslocar-se a Londres e a Oxford. Na Irlanda do Norte, o centro de votação será em Belfast.

O STAE registou 859.613 eleitores elegíveis em todo o território e no estrangeiro, 852.500 dos quais registados a nível nacional e 7.113 na diáspora.

Segundo Acilino, os centros paralelos instalados na capital mantêm-se para permitir a votação aos eleitores residentes na capital que não conseguem regressar aos municípios.

Notícia relevante: STAE distribui equipamento eleitoral para segunda volta do sufrágio nos municípios e diáspora

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!