iklan

NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

MS e USAID lançam plataforma digital para gerir qualidade dos serviços de saúde em Timor-Leste

MS e USAID lançam plataforma digital para gerir qualidade dos serviços de saúde em Timor-Leste

MS e USAID lançam plataforma digital para gerir qualidade dos serviços de saúde em Timor-Leste. Imagem Tatoli/Francisco Sony.

DÍLI, 02 de julho de 2021 (TATOLI) – O Ministério da Saúde (MS) e a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento (USAID, em inglês) lançaram hoje uma Plataforma em linha da Atividade para a Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde de modo a desenhar e gerir a qualidade dos serviços de saúde em Timor-Leste.

A Ministra da Saúde, Odete Belo, recordou que o ministério já tinha aprovado a segunda edição do Plano Estratégico Nacional de Saúde de 2020 a 2030 que cobre todos os pilares do sistema nacional de saúde.

A governante referiu ainda que já apresentou o pedido ao Diretor do Projeto Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde da USAID para apoiar o Ministério da Saúde com a implementação da política de Saúde na Família e análise dos meios para reforçar o sistema do registo eletrónico de saúde.

“A Saúde na Família é um guia para reforçar o nosso sistema de saúde para que o possamos garantir e não deixar ninguém para trás. Através da equipa da Saúde na Família podemos fazer visitas domiciliárias, acompanhar a condição da família, envolver os líderes comunitários e proteger a saúde na família no processo de diagnóstico”, disse a ministra, no lançamento da Plataforma em linha de Atividade para a Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde, no Hotel Novo Turismo, em Díli.

Segundo Odete Belo, o sistema de saúde é um pilar chave da contribuição para a saúde e melhoria da vida.

“A política de saúde regula o setor da saúde, garante a segurança e o controlo de qualidade da saúde, bem como cria um instrumento de gestão e administração de serviços”, acrescentou.

A governante referiu também que esta política pretende assegurar a prestação de Cuidados de Saúde Primária, Secundária e Terciária, sobretudo a proteção da saúde, promoção e educação para a saúde para prevenir e curar doenças.

 “Asseguramos a prontidão dos serviços e sistemas de apoio para prestação de cuidados de saúde, como os serviços de diagnóstico ou terapias, o sistema de monitorização, pesquisa, avaliação, informação e comunicação de saúde. Garantimos também as infraestruturas de saúde e reforçamos o compromisso financeiro de saúde”, sublinhou.

Também o Embaixador dos Estados Unidos em Timor-Leste, Kevin Blackstone, afirmou que a Atividade para a Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde se permite focar nos dados e gestão técnica do Ministério da Saúde.

“Esta atividade pretende apoiar em termos de coleção e gestão de dados para melhorar e informar a decisão na melhoria da prestação de serviços de saúde. Pretende dar também formação aos recursos humanos a nível nacional e municipal”, concluiu.

A USAID prevê 15,6 milhões de dólares americanos para a plataforma em linha da Atividade para a Sustentabilidade dos Sistemas de Saúde.

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!