iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, DÍLI, NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

Governo timorense indeciso quanto à aquisição da vacina AstraZeneca

Governo timorense indeciso quanto à aquisição da vacina AstraZeneca

O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, disse que Timor-Leste ainda não decidiu avançar com a  aquisição da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 por manifestar alguma reserva quanto à sua eficácia. Imagem TATOLI/Egas Cristovão

DÍLI, 11 de fevereiro de 2021 (TATOLI) – O Governo de Timor-Leste ainda não decidiu avançar com a  aquisição da vacina da AstraZeneca contra a covid-19 por manifestar alguma reserva quanto à sua eficácia.

O Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, deu como exemplo o facto de  a Espanha ter somente administrado a vacina da AstraZeneca a metade da sua população. Outro exemplo apontado por Taur foi o facto de Portugal ter recomendado administrar esta vacina apenas a pessoas até aos 65 anos de idade. Fez ainda referência à África do Sul, que suspendeu a sua administração devido às  incertezas quanto à eficácia.

“Há inúmeras informações que têm perturbado a nossa concentração, pelo que estamos algo confusos com a eficiência da vacina da AstraZeneca. Por isso, ontem, na reunião do Conselho de Ministros, ainda não foi tomada nenhuma decisão. Amanhã irei confirmar junto da Organização Mundial de Saúde mais informações detalhadas por forma a apurar a eficácia e segurança desta vacina”, disse hoje o Chefe do Governo, após a reunião com o Presidente da República, Francisco Guterres Lú Olo, no Palácio Presidencial.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a administração da vacina da AstraZeneca visa evitar a infeção da covid-19, impedir óbitos e, por último, evitar a entrada de doentes com covid-19 em unidades hospitalares.

Timor-Leste regista atualmente 38 infeções ativas de covid-19, tendo já 62 doentes recuperado. Já 28 estão a cumprir o isolamento obrigatório no Centro de Isolamento de Vera Cruz, enquanto outra cidadã está em isolamento na Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno (RAEOA).

Segundo o Ministério da Saúde, foram já realizados 19.691 testes, dos quais 19.496 deram negativo. Aguardam resultado 115 pessoas.

Estão atualmente a cumprir a quarentena obrigatória 288 pessoas e 123 a autoquarentena, tendo já terminado o confinamento 7.732 cidadãos.

Recorde-se que o Ministério da Saúde apresentou em Conselho de Ministros uma proposta de aquisição da vacina AstraZeneca num valor superior a 12 milhões de dólares.

Jornalista : Zezito Silva

Editora : Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!