iklan

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

Sobe para 13 o número de casos ativos de covid-19 em Timor-Leste

Sobe para 13 o número de casos ativos de covid-19 em Timor-Leste

Coordenadora-Geral da Comissão Executiva da Saúde do Surto de Covid-19, Odete da Silva Viegas. Imagem/António Gonçalves.

DÍLI, 28 de dezembro de 2020 (TATOLI) – A equipa de Covid-19 do Ministério da Saúde (MS) regista esta segunda-feira mais quatro casos ativos de covid-19, três dos quais de cidadãos timorenses e um de um paquistanês, elevando para 13 o número de infeções ativas no país.

A Coordenadora-Geral da Comissão Executiva da Saúde do Surto de Covid-19, Odete Viegas, disse que estes quatro doentes foram detetados na quarentena do Hotel Y.Q, em Raikotu, em Díli.

“Um homem, com 26 anos, apresentava uma temperatura superior a 38,6°C, dores no corpo e cansaço. Outros dois com 35 e com 42 anos estão sem sintomas. Os três viajaram juntos, a 20 de dezembro, em voos da Qatar Airlines entre o Reino Unido e Doha. Fizeram uma escala de duas horas, antes de viajarem de Doha para a Malásia, na mesma data, num voo da Qatar Airlines, e chegaram a 21 de dezembro”, adiantou Odete Viegas, numa conferência de imprensa, no Palácio das Cinzas, em Díli.

“No dia seguinte, a 22 de dezembro, chegaram a Timor-Leste num voo da AirAsia. O cidadão paquistanês, com 33 anos, assintomático, viajou num voo da Qatar Airlines de Doha para a Malásia, seguindo, no dia a seguir, num voo da AirAsia para Timor-Leste”, acrescentou.

Recorde-se que o MS anunciou, a 24 de dezembro, mais sete casos ativos de covid-19 de cidadãos timorenses.

A Ministra da Saúde, Odete Maria Freitas Belo, tinha antes revelado que estes sete infetados já se encontravam nos centros de isolamento de Vera Cruz, em Díli, e da Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno (RAEOA).

“Detetámos três casos. Ontem [23/12], mais um e na RAEOA três. Diagnosticámos antes dois casos. Temos, então, ao todo, nove infeções”, revelou recentemente a ministra.

Quatro infeções foram detetadas na quarentena de Tasi Tolu e três num confinamento obrigatório de Oé-Cusse.

A ministra lembrou também que os casos que surgem no país são importados, não se registando transmissão local.

Já Odete Viegas pediu igualmente a todos os cidadãos que mantenham a confiança no trabalho do MS.

“Pedimos a todos que cooperem com o Ministério da Saúde para eliminar a covid-19 no nosso país, evitando, sobretudo, uma transmissão local”, apelou.

O ministério pediu ainda à população que mantivesse as medidas de prevenção da Organização Mundial de Saúde e MS.

Em Timor-Leste, já desde o início da crise sanitária, 16.324 pessoas realizaram os exames laboratoriais, tendo 15.886 testado negativo, enquanto 397 ainda aguardam os resultados.

Estão atualmente a cumprir a quarentena 349 pessoas e 136 autoquarentena, sendo que 6.813 já saíram do confinamento obrigatório em Díli e nos demais municípios.

Timor-Leste reporta até ao momento 44 casos do novo coronavírus, tendo já 31 doentes recuperado.

Notícia relevante: Sete novos casos de covid-19. Timor-Leste com nove infeções ativas

Jornalista: Maria Auxiliadora

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!