iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, INCLUSÃO SOCIAL, DÍLI, NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Subsídio da 2.ª fase só pago depois de agosto

Subsídio da 2.ª fase só pago depois de agosto

DÍLI, 25 de agosto de 2020 (TATOLI) – A Vice-Primeira-Ministra dos Assuntos Sociais e Ministra da Solidariedade Social e Inclusão, Armanda Berta, disse hoje que a segunda etapa do processo de pagamento de 200 dólares atribuído às famílias foi cancelado até ao final deste mês em virtude de estar a decorrer o processo de verificação dos dados relativos aos municípios, levado a cabo por uma equipa técnica, em particular no município de Díli.

“É muito importante que os reclamantes não percam os seus direitos, pois o Governo efetuará, a curto prazo, a atribuição do subsídio. Atualmente, a equipa de verificação do MSSI analisa mais de 15 mil reclamações com o objetivo de detetar as pessoas elegíveis e não elegíveis para que possam receber o subsídio relativo à segunda fase”, referiu a Vice-Primeira Ministra à Agência Tatoli, após o término do encontro com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no Palácio do Governo.

Recorde-se que o Comissário Adjunto da Anti-Corrupção (CAC), Luís de Oliveira Sampaio, apresentou o relatório sobre as irregularidades na implementação do pagamento do subsídio atribuído aos agregados familiares em todo o território nacional a cargo do Ministério da Solidariedade Social e Inclusão (MSSI).

Armanda Berta elogiou hoje a equipa de prevenção da CAC por ter identificado inúmeras irregularidades.

“Encontrei-me ontem com a equipa de prevenção, a qual apresentou alguns dados irregulares no processo de atribuição do subsídio efetuado durante a primeira etapa. O MSSI considerou, por isso, que o relatório foi de extrema importância para a equipa técnica encarregue de proceder à verificação de todos os dados”, referiu.

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!