iklan

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE, SOCIEDADE CIVIL

Catalpa produz 17 viseiras por dia com impressora 3D

Catalpa produz 17 viseiras por dia com impressora 3D

Gestor de Produção da Catalpa, Pedro Luís Marques de Almeida. Imagem/Nelia Fernandes.

DÍLI, 05 de maio de 2020 (TATOLI) – O Gestor de Produção da Catalpa, Pedro Luís Marques de Almeida, disse que esta ONG produz por dia 17 viseiras com uma impressora 3D.

“A impressora 3D usa filamentos de plástico e constrói os objetos, que são desenhados através de computador num modelo 3D. A impressora constrói depois [esses objetos]. Produz, então, 17 viseiras por dia. As viseiras são para proteger os profissionais de saúde”, afirmou hoje Pedro Almeida, à Tatoli, em Colmera, Díli.

Segundo o gestor, uma só folha de plástico A4 permite produzir uma viseira, pelo que os materiais são baratos e fáceis de encontrar em papelarias.

Pedro Almeida afirmou que a Catalpa já produziu, com o apoio de parceiros como o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Knua Juventude Fila Liman, a Escola Internacional de Díli e a Simile, mais de 300 viseiras.

“Entregámo-las ao Ministério da Saúde, à Maluk Timor, Marie Stopes e à Asia Foundation, que as entregou à Pradet”, disse.

Segundo Pedro Almeida, as autoridades australianas e a Associação Asiática para a Promoção Humana (Partnership for Human Development) apoiaram esta iniciativa com 20 quilogramas de plástico, o que permite produzir mil viseiras.

“Depois destes donativos dos parceiros, continuaremos a produzir, enquanto o Ministério da Saúde e os parceiros precisarem”, salientou.

Questionado sobre a qualidade das viseiras, Pedro Almeida garantiu a sua qualidade e a validação deste artigo por parte dos médicos.

A motivação da Catalpa e dos parceiros é ajudar o Ministério da Saúde e outras entidades que combatem a covid-19.

“Atualmente, já recebemos o pedido de quase mil viseiras. Só o Ministério da Saúde quer 500. A Catalpa e os parceiros mantêm a produção até que o ministério e os parceiros deixem de precisar”, concluiu.

Jornalista : Nelia Fernandes

Editora : Maria Auxiliadora 

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!