iklan

JUSTIÇA, HEADLINE

Presença da Ministra da Justiça de Portugal em Timor-Leste é semente para futuros intercâmbios na área

Presença da Ministra da Justiça de Portugal em Timor-Leste é semente para futuros intercâmbios na área

Primeiro-Ministro, Xanana Gusmão, e a Ministra Justiça de Portugal, Rita Júdic, falaram aos jornalistas, no Palácio do Governo. Foto da Tatoli/António Daciparu

DÍLI, 07 junho 2024 (TATOLI) – Na sequência das comemorações do Dia de Portugal, das Comunidades Portuguesas e dos 500 do nascimento de Luís de Camões, a Ministra da Justiça portuguesa, Rita Júdice, estará em Timor-Leste. As comemorações decorrerão em Liquiçá na residência do Presidente da Autoridade Municipal de Liquiçá, num evento organizado pela Embaixada de Portugal.

Entre as personalidades ao mais alto nível estarão, além da ministra portuguesa, a homóloga timorense, os Presidente do Parlamento Nacional e do Tribunal de Recurso, a Embaixadora de Portugal e o Presidente da República, José Ramos Horta, num evento que, começando às 09 da manhã se estenderá pela tarde fora com múltiplas atividades.

A informação foi veiculada pelo Primeiro-Ministro, Xanana Gusmão, após o término de um encontro com a governante portuguesa, no Palácio do Governo, em Díli. No encontro,   Xanana Gusmão e Rita Júdice discutiram também o reforço da cooperação judiciária entre os dois países. “A sua vinda mostra-nos que Timor-Leste está no seu coração. É preciso continuarmos a reforçar a cooperação com Portugal. Encontramo-nos para debater sobre a reforma da justiça”, afirmou o Chefe do Executivo.

Este encontro, pelos assuntos debatidos, englobou as sementes daquilo que serão as atividades específicas a enformar a futura cooperação bilateral na área da Justiça.

Xanana Gusmão especificou que o programa de longo prazo vai enviar jovens timorenses para estudar direito em Portugal e, no mesmo âmbito, planeia-se disponibilizar formação aos juízes, aos procuradores e aos advogados a fim de ajudá-los a compreender e interpretar melhor as leis.

De acordo com o Chefe do Executivo, para reformar o setor da justiça é necessário, justamente, disponibilizar bolsas de estudo a jovens timorenses para estudar Direito em Portugal e apoiar juízes timorenses na reforma do setor da justiça.

Por sua vez, a Ministra da Justiça portuguesa, agradecendo ao Primeiro-Ministro pela sua receção, declarou: “É uma grande honra estar em Timor-Leste quando se celebram os 500 anos do nascimento de Luís Camões. É um poeta que também exprime a importância da língua portuguesa. Vamos estar aqui a investir em língua portuguesa como irmãos”.

Notícia relevante: Ministra da Justiça portuguesa chega amanhã a Timor-Leste

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

 Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!