iklan

ECONOMIA, HEADLINE

Dez empresas internacionais tencionam investir em Timor-Leste

Dez empresas internacionais tencionam investir em Timor-Leste

Dez empresas internacionais tencionam investir em Timor-Leste. Foto especial

DÍLI, 29 de novembro de 2023 (TATOLI) – Decorreu, entre 23 e 25 deste mês, o Fórum Internacional de Negócios de 2023, em Díli sob o tema Descobrir Oportunidades Azuis e Verdes para o Investimento Sustentável. Na sequência, dez empresas internacionais tencionam investir em diversos setores em Timor-Leste. Este interesse foi formalizado através da assinatura de memorandos de entendimento com o Governo timorense, bem como com a Câmara de Comércio e Indústria de Timor-Leste (CCI-TL).

O Vice-Primeiro-Ministro para os Assuntos Económicos, Francisco Kalbuady, afirmou que os acordos assinados não foram vinculativos, mas todos tinham intenções concretas. O governante congratulou-se com o facto de alguns empresários nacionais terem conseguido parceiros comerciais entre investidores estrangeiros.

“Existe um acordo com uma empresa de carácter empresarial da China. Eles [empresários da empresa] vieram com mais de 50 pessoas e estavam dispostos a investir. Prometeram a construir um hotel de cinco estrelas e um centro de convenções com padrões internacionais em Timor-Leste”, afirmou o governante num documento do Governo a que a Tatoli teve hoje acesso.

Segundo fonte governamental, a empresa Goldway Holdings Limited de Hong Kong assinou um acordo com o Vice-Primeiro-Ministro para os Assuntos Económicos com vista a doar 12 viaturas ao Ministérios do Turismo e Ambiente. O Executivo timorense vai receber também um donativo da empresa Guangdong Guofengyuan Holding Group para a construção de um hospital.

A empresa Wenchang Heng Ye Industrial, por seu turno, disponibilizará cerca de 200 bolsas de estudo a jovens timorenses para que estes continuem os seus estudos na China. Paralelamente, a empresa Guangdong Lufeng Jinghai Industrial quer construir residências para 20 agregados familiares em Timor-Leste.

Foi assinada também uma parceria entre a CCI-TL e a empresa Carbon Foundation Country, da Austrália, bem como com as empresas PT Dewata Sukses Bersama e Suhurama Developer, na criação de galinhas poedeiras. Para além disso, a Associação Empresarial das Mulheres de Timor-Leste (AEMTL) formalizou um acordo com a empresa Shenzen Hesun Supply Chain Service no domínio das pescas, e com a empresa Jardine Botanical SDN, na indústria de cosmética.

O Ministério do Comércio e Indústria celebrou ainda um acordo com uma empresa chinesa relativo à plantação de cana-de-açúcar e está no horizonte a intenção de mais investimentos nas áreas de aviação civil, pesca, indústria cosmética com empresas de Singapura e da Malásia.

Notícia relacionada: Capacidade de adaptação e inovação são apelos de Xanana Gusmão para o desenvolvimento

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!