iklan

HEADLINE, NACIONAL, NOTÍCIAS DE HOJE

Provedoria dos Direitos Humanos e Justiça destaca 42 fiscais para período eleitoral

Provedoria dos Direitos Humanos e Justiça destaca 42 fiscais para período eleitoral

Dirigente da PDHJ, Virgílio Guterres.

DÍLI, 18 de abril de 2023 (TATOLI) – A Provedoria dos Direitos Humanos e Justiça (PDHJ) vai destacar 42 fiscais para acompanhar os comícios dos partidos políticos em todo o território,  tendo em vista o início do período de campanha para as eleições legislativas, que começa amanhã (19/04).

O dirigente da PDHJ, Virgílio Guterres, informou hoje, na sede da Provedoria em Caicoli, que “a missão principal é impedir violações que possam vir a ser cometidos pelos elementos dos partidos políticos, como conflitos com militantes de outros grupos”. A campanha termina no dia 18 de maio, três dias antes da votação.

Virgílio Guterres ressaltou que as transgressões identificadas pela PDJH serão tratadas pela Comissão Nacional das Eleições (CNE) e pelo Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE), que deverão tomar as medidas consideradas convenientes.

O provedor ainda apelou aos dirigentes dos partidos políticos “para não dificultar o trabalho dos fiscais” e criticou parte da imprensa que, a seu ver, não denuncia irregularidades observadas.

“Eu sei que a grande dificuldade que se apresenta, tanto para jornalistas como para os fiscais, é o facto de não terem a coragem suficiente para confrontar os nossos líderes políticos, acerca de atos que contradizem os princípios dos direitos humanos”, afirmou Virgílio Guterres.

O dirigente sublinhou que o trabalho dos membros da PDHJ só estará concluído após o apuramento dos resultados das eleições no Tribunal de Recurso.

Notícia relacionada: Campanha eleitoral arranca a 19 de abril

Equipa da TATOLI

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!