iklan

HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE, SOCIEDADE CIVIL

Timor-Leste foi pioneiro na adoção do Documento sobre Fraternidade Humana

Timor-Leste foi pioneiro na adoção do Documento sobre Fraternidade Humana

Monsehor Marco Sprizzi.

DÍLI, 22 de agosto de 2022 (TATOLI) – O Núncio Apostólico do Vaticano em Timor-Leste, Monsenhor Marco Sprizzi, referiu que Timor-Leste foi um país pioneiro na adoção formal do Documento sobre Fraternidade Humana para a Paz Mundial e a Convivência Comum.

Este documento salienta a importância da união das religiões na construção da paz mundial.

“O Parlamento Timorense foi o primeiro a aprovar a adoção do documento. Esta decisão é, a meu ver, extraordinária e um marco na história”, afirmou o Monsenhor à margem de uma reunião com o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, no Farol.

É de lembrar que o Parlamento Nacional tinha aprovado, em maio, uma resolução para adoção do documento em causa.

A este propósito, o Presidente da República, José Ramos Horta, tinha entregado, na comemoração do 20.º aniversário da Restauração da Independência, uma cópia da resolução do Parlamento Nacional sobre o documento referido ao Secretário-Geral do Comité Superior da Fraternidade Humana, Mohamed Abdel-Salam, e ao Núncio Apostólico do Vaticano em Timor-Leste.

Recorde-se ainda que o Documento sobre a Fraternidade Humana e a Convivência Comum foi assinado pelo Papa Francisco e pelo Grão Imame de Al-Azhar Ahamad Al-Tayyib, no dia 04 de fevereiro de 2019, em Abu Dhabi.

Notícia relevante: Xanana e Papa Francisco vão discutir Documento sobre Fraternidade Humana

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!