iklan

ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Bill Costello: Timor-Leste enfrenta escassez de emprego juvenil

Bill Costello: Timor-Leste enfrenta escassez de emprego juvenil

Embaixador da Austrália, Bill Costello.

DÍLI, 16 de agosto de 2022 (TATOLI) – O Embaixador da Austrália em Timor-Leste, Bill Costello, declarou que o país evidencia uma escassez de postos de trabalho perante o crescimento da população jovem.  

O diplomata apresentou o assunto na sequência de uma conferência internacional sobre o ensino técnico-vocacional (TVET, em inglês), sob o tema “Preserva a qualidade e inclusividade do sistema de formação profissional” organizada pelo Ministério Coordenador dos Assuntos Económicos, pela Secretaria de Estado para a Formação Profissional e Emprego e pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento MãodeObra (INDMO)com a presença de vários oradores nacionais e internacionais.  

Para o embaixador, esta conferência visa explorar áreas prioritárias para o futuro de Timor-Leste. Com um apoio eficaz, o TVET pode desempenhar um papel crucialmais do que na criação de emprego juvenil na promoção de atitudes de resiliência, na vontade de progredir, de aprender e de investir em áreas de formação técnica que, em última instância concorrem para o bem-estar e prosperidade do país e do povo.  

“O país tem pouca oferta de empregos para a população jovem e, paradoxalmente, tem carência de recursoshumanos qualificados para preencher as lacunas”, afirmou o embaixador, no âmbito do evento, em HudiLaran.

Segundo o diplomata, o investimento no setor do TVET vai contribuir para a resolução de algumas lacunas, sustentando a diversificação económica, sobretudo na agricultura, no turismo e na construção civil.

Timor-Leste tem de se adaptar à rápida mutação dosmercados de trabalho ao mesmo tempo que se recupera da pandemia da covid-19. O investimento do TVET deve fazer parte dessa transição e esta vem através da necessidade crescente dos setores para responder às rápidas mudanças tecnológicas que abrem tanto novas oportunidades como novos desafios.

O diplomata referiu também que a Austrália quer apoiar o país na implementação de uma rede de fibra ótica, uma vez que esta constitui uma grande mudança no ambiente operacional e tecnológico de Timor-Leste.

“Uma internet mais rápida e mais fiável vai beneficiar o Governo, as famílias e a comunidade. Beneficiará também as empresas existentes e trará oportunidades para novas empresas. Uma melhor conetividade também teria impacto na forma como o TVET pode ser desenvolvido e nos tipos de competências necessárias e disponíveis”.

O Ministro Coordenador dos Assuntos Económicos, Joaquim Amaral, a este respeito, afirmou que o Governo se esforça para implementar a rede de fibra ótica a fim dedesenvolver o setor da tecnologia.

Estamos na era do negócio digital, além disso a internet é importante para disponibilizar a informação para todos os níveis de ensino”, concluiu.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

One Comment

  1. Sera que se pode criar uma brigada para o ensino de adultos usando esses jovens? Se eles nao forem analfabetos e se tambem dominarem a internete aqui o ministerio da educacao tem um bom veiculo na educacao de adultos em Timor Leste. Uma ideia nova, uma lufada de ar fresco, dois coelhos com uma so pedra!
    Brigada Nacional Juvenil de Combate ao Obscurantismo.

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!