iklan

HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

Arranca hoje inoculação de pessoas da linha da frente e idosos com terceira dose

Arranca hoje inoculação de pessoas da linha da frente e idosos com terceira dose

Ex-Presidente da República, José Ramos Horta, recebe terceira dose da vacina. Imagem/Francisco Sony.

DÍLI, 04 de janeiro de 2022 (TATOLI) – O Governo timorense iniciou hoje a administração da terceira dose da vacina contra a covid-19 à equipa da linha da frente, idosos e pessoas mais vulneráveis em Díli.

A Diretora do Serviço de Saúde do Município de Díli, Agustinha Segurado, afirmou que a campanha de vacinação decorrerá durante cinco dias na capital.

“Utilizamos a vacina Pfizer disponível no Serviço de Saúde do Município de Díli (SSDM) para inocularmos os grupos alvo. As doses da vacina são suficientes para as pessoas da linha da frente”, afirmou a dirigente, no Palácio das Cinzas, em Caicoli, Díli.

Segundo a responsável, 4.500 doses da vacina Pfizer estão disponíveis no SSMD.

Já o ex-Presidente da República, José Ramos Horta, destacou a necessidade de receber a terceira dose da vacina para prevenir a covid-19.

“Recebi a terceira dose ou booster da vacina contra a covid-19. A América, Austrália e os países na Europa já começaram a administrar, no passado mês de abril, a vacina de reforço (booster), porque, depois de seis ou sete meses, os seus efeitos enfraquecem. Avisei, no passado mês de julho, o Governo para que preparasse a terceira dose da vacina, pois a covid-19 mantém-se”, afirmou.

O premiado Nobel da Paz sublinhou ainda que Timor-Leste registou uma redução de vítimas mortais de covid-19 por causa dos efeitos da vacina.

“A América já reportou 400 mil casos diários bem como a Austrália, Nova Zelândia e China. A nova mutuação da covid-19 tem uma taxa de contágio bastante rápida, mas não é muito fatal”, disse.

Ramos Horta referiu a importância de receber a terceira dose da vacina contra o novo coronavírus para viajar para o estrangeiro.

“Quero receber esta vacina, porque vou ser um dos membros do júri internacional no Dubai”, acrescentou.

O ex-Chefe de Estado mostra-se satisfeito com a introdução da terceira dose contra a covid-19 no país por parte do Governo, esperando que possa prevenir a variante Ómicron do novo coronavírus em Timor-Leste.

Ramos Horta pediu aos habitantes que recebessem a terceira dose da vacina, quando as autoridades de saúde o autorizarem, de modo a proteger a saúde.

“Apesar de a vacina não proteger a 100%, precisamos de a receber para protegermos a nossa saúde”, acrescentou.

O país já atingiu 83,4% da população com a primeira dose da vacina e 68,2% já tem a vacinação completa.

Notícia relevante: Governo introduzirá terceira dose da vacina contra a covid-19 em Timor-Leste

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!