iklan

INCLUSÃO SOCIAL, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

SEII lança estratégia para estimular participação de mulheres nas eleições

SEII lança estratégia para estimular participação de mulheres nas eleições

SEII lança estratégia para estimular participação de mulheres nas eleições. Imagem TATOLI/Egas Cristóvão.

DÍLI, 26 de outubro de 2021 (TATOLI) – A Secretaria de Estado da Igualdade e Inclusão (SEII) lançou hoje um quadro estratégico que permite incentivar a participação das mulheres nas eleições.

“O lançamento visa criar equipas que vão levar a cabo várias atividades, tanto a nível nacional como municipal, recorrendo ao quadro estratégico para motivar as mulheres  e pessoas com deficiência a envolverem-se nas eleições”, afirmou a Secretária de Estado da Igualdade e Inclusão, Maria José Fonseca, no lançamento do grupo de trabalho de mulher para o futuro líder e do quadro estratégico, no âmbito do seminário sob o tema “Processo eleitoral seguro e democrático para uma participação inclusiva”, em Delta Nova, Díli.

A governante defende ainda a importância do envolvimento das mulheres e de pessoas com deficiência na vida política.

Fazem parte do plano estratégico vários aspetos, entre os quais elevar a capacidade das mulheres, promover o orçamento sensível ao género – tal como disponibilidade de infraestruturas adequadas a pessoas com deficiência -, bem como consolidar e aumentar o número de mulheres em posições de liderança comunitária e na vida política.

A nova estratégia pretende ainda fomentar a prática de uma cultura sensível ao género e inclusiva, promovendo a difusão de reportagens sensíveis ao género por parte dos meios de comunicação social timorenses, assim como garantir a segurança na candidatura de mulheres a qualquer posição.

Já o representante de pessoas com deficiência Gaspar Afonso disse que o Governo deve criar condições adequadas e acessíveis para que os portadores de deficiência possam exercer o seu direito de voto em segredo.

“As pessoas com deficiência têm estado acompanhadas em todas as eleições. Isto não nos garante o segredo na votação. O nosso voto não é secreto se estivermos sempre acompanhados pela família ou colega”, lamentou.

A atividade contou também com a presença dos parceiros nacionais e internacionais, instituições do Estado e representantes das embaixadas em Timor-Leste.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!