iklan

INTERNACIONAL, DÍLI, NOTÍCIAS DE HOJE

Empresários estrangeiros ajudarão em setembro Timor Resources no projeto de perfurações na costa sul

Empresários estrangeiros ajudarão em setembro Timor Resources no projeto de perfurações na costa sul

Diretor Nacional da Timor Resources, Filomeno de Andrade Tilman. Imajen da TATOLI/Francisco Sony.

DÍLI, 06 de junho de 2021 (TATOLI) – As empresas estrangeiras estão disponíveis para ajudar a Timor Resources no projeto de perfurações de poços em terra que começará a 21 de setembro na zona do Suai.

O Diretor Nacional da Timor Resources, Filomeno de Andrade Tilman, declarou que as empresas estão a instalar os equipamentos no Suai e à espera ainda de mais equipamentos de controlo para iniciar as perfurações.

As empresas fazem parte da Eastern Drilling Company, que é um conjunto de empresas dos Estados Unidos da América, Austrália e Indonésia que efetuarão as perfurações. A Schlumberger International Company transportará os equipamentos para o controlo, que inclui duas empresas da Indonésia, uma das quais chamada Matra Unikatama.

Filomeno Tilman referiu ainda que os técnicos responsáveis pelo processo de perfuração vêm diretamente do estrangeiro, porque o processo de trabalho é “muito difícil e arriscado”, por isso precisa de trabalhadores com mais de 10 anos de experiência.

“Não podemos simplesmente colocar pessoas sem experiência no trabalho. Temos de colocar técnicos experientes para podermos obter bons resultados”, revelou hoje Filomeno, aos jornalistas, na Sala do Suai no Centro Comercial Timor Plaza.

O diretor adiantou ainda que, para o próximo processo, a Timor Resources necessita de mais assistência dos trabalhadores timorenses para ajudar a desenvolver os recursos humanos.

O responsável recordou também que o estudo sísmico realizado pela Timor Resources no Suai envolveu trabalhadores timorenses.

“Esperamos que todos os estudos realizados tenham lá recursos. Estamos à espera para ver, porque os estudos sísmicos realizados têm de revelar sinais de petróleo”, disse.

O responsável referiu, de igual modo, que a Timor Resources perfurará dois locais diferentes no Suai, nomeadamente em Kamnasa e no Matai, que se iniciará a 21 de setembro.

Segundo o diretor, as atividades de exploração têm um efeito multiplicador em Timor-Leste, nomeadamente no número de alojamentos, nos empresários, nos operadores comerciais, entre outros. A Timor Resources vai gastar, este ano, 50 milhões de dólares americanos em exploração direta.

Andrade Tilman salientou, por fim, que, até à data, a Timor Resources criou muitas oportunidades e empregou mais de 550 pessoas nos últimos três anos, tanto a curto como a longo prazo. A empresa irá contratar ainda 142 trabalhadores timorenses para a realização do projeto de perfurações durante 6 meses.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!