iklan

POLÍTICA, INTERNACIONAL, NOTÍCIAS DE HOJE

Parlamento Nacional timorense aprova voto de congratulação pela recondução de António Guterres

Parlamento Nacional timorense aprova voto de congratulação pela recondução de António Guterres

Votação no Parlamento Nacional. Imagem Tatoli/Egas Cristovão.

DÍLI, 21 de junho de 2021 (TATOLI) – Os representantes do povo no Parlamento Nacional (PN) aprovaram hoje um voto de congratulação pela recondução de António Guterres no cargo de Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) por mais cinco anos.

O voto de congratulação foi aprovado com 49 votos a favor, não tendo havido votos contra nem abstenções.

“O voto de congratulação pela recondução de António Guterres foi aprovado”, disse o Presidente do Parlamento Nacional em exercício, o atual Vice-Presidente, Luís Roberto, na sessão plenária.

O Chefe da bancada da FRETILIN, o deputado Francisco Miranda Branco, disse que o Secretário-Geral da ONU é “uma figura importante” no processo da luta pela libertação nacional de Timor-Leste.

“António Guterres é uma figura que desempenha a sua função como Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas. O secretário deu, no primeiro mandato, a sua prioridade à política no combate às alterações climáticas e defende os direitos humanos e o processo de desenvolvimento”, recordou.

A bancada da FRETILIN elogiou ainda António Guterres pelo combate à pandemia global da covid-19 durante o seu primeiro mandato.

Também o Chefe da bancada do CNRT, o deputado Duarte Nunes, congratulou António Guterres pela sua nomeação para o segundo mandato como Secretário-Geral da ONU.

“É uma honra para o povo timorense. No seu primeiro mandato, obtivemos a vitória sobre a fronteira marítima”, disse o deputado da bancada do CNRT.

Também o Chefe da bancada do Partido Democrático (PD), o deputado António da Conceição ‘Kalohan’, disse que António Guterres “merece o voto de congratulação”.

“Penso que é um orgulho para o povo timorense. É um líder da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)”, avançou.

A proposta do voto de congratulação foi iniciada pelos deputados Francisco Miranda Branco, Abel Pires da Silva, Duarte Nunes e Olinda Guterres.

António Guterres, 72 anos, foi reconduzido na passada sexta-feira como Secretário-Geral das Nações Unidas, tendo obtido o voto favorável e unânime dos 173 Estados membros da organização fundada a 04 de outubro de 1945 e que tem sede em Nova Iorque.

Em janeiro de 2017, Guterres, o primeiro português a alcançar um cargo desta dimensão mundial, tornava-se no nono Secretário-Geral da ONU para um mandato de cinco anos, até 31 de dezembro de 2021, iniciando oficialmente o segundo mandato a 01 de janeiro de 2022.

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editor: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!