iklan

INTERNACIONAL, DÍLI, NOTÍCIAS DE HOJE

Mais de 300 timorenses beneficiaram do programa de bolsas do Governo chinês

Mais de 300 timorenses beneficiaram do programa de bolsas do Governo chinês

DÍLI, 14 de junho de 2021 (TATOLI) – O embaixador chinês em Timor-Leste, Xiao Jianguo, informou que mais de 300 jovens timorenses foram formados nas universidades chinesas, através do programa de bolsas do Governo chinês.

O diplomata afirmou que o Governo chinês oferece anualmente até 20 bolsas de estudo para estudantes timorenses estudarem na China e promete apoiar o desenvolvimento de recursos humanos de Timor-Leste.

Recentemente, 16 estudantes timorenses foram escolhidos para o programa de bolsas do Governo chinês de 2021 e esperam viajar para o país para estudarem em universidades chinesas.

“Damos as boas-vindas a todos os estudantes de países de baixos rendimentos, incluindo Timor-Leste, para estudarem em universidades chinesas”, disse o embaixador Xiao Jianguo em declaração aos jornalistas, após a cerimónia de lançamento da primeira dose da vacina Sinovac aos estudantes, professores e comunidade chinesa na Universidade Nacional de Timor-Lorosa’e (UNTL).

Acrescentou ainda que, para além dos 300 bolseiros, 110 estudantes universitários de famílias de baixos rendimentos também foram beneficiados pelo programa.

“Estas conquistas significativas foram feitas graças aos esforços conjuntos do Ministério do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESSC), Universidade Nacional de Timor Lorosa’e (UNTL) e Governo chinês”, elogiou.

O diplomata acrescentou que a bolsa é uma parte do compromisso do Governo chinês em ajudar a capacitação e o desenvolvimento dos recursos humanos timorenses.

Xiao Jianguo revelou também que, antes da pandemia da covid-19, cerca de 180 alunos timorenses estudavam na China com esta bolsa de estudo, mas, devido à situação, todos tiveram de voltar para Timor-Leste e continuar os seus estudos em linha.

Na mesma ocasião, o Ministro do Ensino Superior, Ciência e Cultura (MESSC), Longuinhos dos Santos, disse que o programa de bolsas do governo chinês e os parceiros são necessários para o desenvolvimento dos recursos humanos do país.

“Esta bolsa é importante para o desenvolvimento dos recursos humanos de Timor-Leste, como um novo país. Por isso, estamos sempre dispostos a cooperar com quaisquer embaixadas e países que sempre se comprometeram a apoiar Timor-Leste no setor da educação”, disse dos Santos.

Jornalista: Filomeno Martins

Editora: Nelia Borges Rosario/Tradutor: Afonso do Rosário

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!