iklan

NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

Vacinas contra covid-19 distribuídas hoje e amanhã por municípios, Díli com 13.190 doses

Vacinas contra covid-19 distribuídas hoje e amanhã por municípios, Díli com 13.190 doses

Vacinas contra covid-19 distribuídas hoje e amanhã por municípios. Imagem Tatoli/António Gonçalves.

DÍLI, 08 de abril de 2021 (TATOLI) – As vacinas contra a covid-19 destinadas às equipas da linha da frente foram distribuídas hoje por seis municípios de Timor-Leste. Díli recebeu 13.190 doses e começou ontem a vacinação. Os restantes municípios receberão amanhã as respetivas doses.

As vacinas agora distribuídas destinam-se aos municípios de Ainaro (690 doses), Baucau (1.730), Bobonaro (1.080), Covalima (920), Lautém (740) e Liquiçá (620).

O Diretor-Executivo do Serviço Autónomo de Medicamentos e Equipamentos de Saúde (SAMES), Santana Martins, disse que os restantes municípios receberão as respetivas doses amanhã. Assim, 590 irão para Aileu, 900 para Ermera, 680 para Manufahi, 590 para Manatuto, 910 para Viqueque e à Região Administrativa Especial de Oé-Cusse e Ambeno (RAEOA) chegarão 1.360 doses.

 “O total é de 24 mil doses a distribuir por todos os municípios”, afirmou Santana Martins, no edifício do SAMES, em Kampung Alor, Díli.

Segundo o diretor, com as vacinas, seguem equipamentos como seringas, agulhas e medicamentos. A distribuição terminará amanhã de manhã para que os profissionais de saúde comecem a vacinar a equipa da linha da frente em cada município.

Santana Martins referiu ainda que a validade da vacina expira em maio, pelo que o período de vacinação deve ser de duas semanas. O lançamento da campanha realizou-se ontem.

“Temos de administrar todas as vacinas dentro de duas semanas, mas, devido à situação causada pelas inundações, poderá demorar mais um pouco”, afirmou.

Também a Diretora-Geral da Prestação de Serviços de Saúde, Odete Viegas, disse que estas primeiras doses se destinam aos grupos prioritários, como equipas de saúde, forças armadas e policiais.

Odete Viegas lembrou também que, no lançamento da campanha de vacinação contra a covid-19, ontem, no Centro de Saúde Formosa, em Díli, 120 pessoas foram já vacinadas.

 “Hoje, começámos por verificar a elegibilidade de quem veio para receber a vacina. Damos a prioridade aos que estão em risco. A vacinação decorrerá durante duas semanas e temos de utilizar todas as 24 mil doses. Se não as esgotarmos com os membros da equipa da linha da frente, avançaremos para outros grupos de risco, como doentes e população com mais de 60 anos”, acrescentou.

No que toca às pessoas que foram infetadas com covid-19, Odete Viegas adiantou que irão receber a vacina passados seis meses, porque já têm anticorpos contra o novo coronavírus.

Recorde-se que o primeiro lote de vacinas da AstraZeneca, num total de 24 mil doses, chegou a 05 de abril a Timor-Leste num voo da My Indo Airlines fretado pela UNICEF.

O mecanismo COVAX financiou os 20% relativos à aquisição da vacina da AstraZeneca com um custo de sete milhões de dólares americanos. Esta percentagem equivale a cerca de 263 mil doses. O país recebeu já o primeiro lote de vacinas e as restantes chegarão faseadamente.

Notícia relevante: Campanha de vacinação contra a covid-19 começou hoje em Timor-Leste

Jornalista: Maria Auxiliadora

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!