iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, INTERNACIONAL, DÍLI, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Empresários agrícolas da Tasmânia pedem 300 timorenses  para colheita de fruta

Empresários agrícolas da Tasmânia pedem 300 timorenses  para colheita de fruta

Imagem/Raitech

DÍLI, 13 de março de 2021 (TATOLI) – Empresários do setor agrícola da Tasmânia realizaram um encontro com a Embaixadora de Timor-Leste na Austrália, Inês de Almeida, para pedir ao governo timorense o envio de 300 trabalhadores para a colheita de fruta.

“Encontrei-me, na semana passada, com dois empregadores de trabalhadores agrícolas da Tasmânia, que me pediram  o envio de 300 trabalhadores timorenses para o próximo mês de junho. No entanto,  devido à situção atual da covid-19, o Governo australiano não permite  a entrada de estrangeiros no país”, disse Inês de Almeida, via WhatsApp.

A diplomata lembrou ainda que Timor-Leste regista novos casos de covid-19, o que o governo australiano considera um obstáculo à entrada de trabalhadores timorenses no país no próximo mês.

“Os empregadores do setor agrícola apelaram aos países da Ásia Pacífico que enviassem trabalhadores para  a colheita de fruta. Contudo, com esta situação, o Executivo da Austrália está ainda a analisar a possibilidade da sua entrada no país”, referiu.

Segundo a embaixadora, o Governo australiano é muito rigoroso na aplicação das regras de prevenção da covid-19.

Inês de Almeida adiantou que a sua embaixada informou já o Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MNEC) de Timor-Leste sobre este assunto.

“Os empregadores da Tasmânia estão dispostos a fretar um avião para transporte dos trabalhadores timorenses no próximo mês, de Díli para a Austrália.”, concluiu.

Jornalista   : Hortencio Sanchez

Editor        : Francisco Simões/ Tradutor: Domingos Piedade Freitas

iklan
iklan

2 Comments

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!