iklan

INTERNACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

União Europeia garante continuação de voos humanitários do PAM

União Europeia garante continuação de voos humanitários do PAM

Voos humanitários.

DÍLI, 10 de março de 2021 (TATOLI) – A União Europeia (UE) concedeu 150 mil dólares americanos ao Programa Alimentar Mundial (PAM) para permitir a continuação dos serviços humanitários de transporte aéreo de passageiros e carga entre Díli, Timor-Leste, e Kuala Lumpur, Malásia.

O apoio concedido pela UE realizar-se-á através do escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Timor-Leste.

O Embaixador da UE em Timor-Leste, Andrew Jacobs, disse que a subvenção da Team Europe ao PAM visa apoiar este serviço de aviação.

“O voo humanitário que liga Díli a Kuala Lumpur pode continuar a transportar médicos e passageiros. A linha aérea é particularmente importante  neste momento de crescimento de casos de covid-19 em Timor-Leste”, disse o embaixador.

O apoio financeiro em causa destina-se à manutenção dos serviços de aviação e provém de uma subvenção de 2,4 milhões de dólares americanos concedida à OMS em Timor-Leste pela UE para o combate à pandemia e  o reforço do sistema de saúde do país.

Também o Representante da OMS, Arvind Mathur, afirmou que o serviço de aviação do PAM tem sido crucial na resposta do país à covid-19 .

“Tal como muitos outros, a OMS tem beneficiado com ele, permitiu-nos trazer fornecimentos médicos e pessoas que têm sido fundamentais para a resposta à covid-19. Estamos satisfeitos por, com o apoio da UE, podermos alargar este financiamento tão necessário ao PAM”, disse Arvind Mathur.

Recorde-se que Timor-Leste fechou as suas fronteiras em março de 2020, na sequência da propagação global do novo coronavírus. Durante este período, os serviços aéreos do PAM têm sido uma ponte aérea importante para a entrega de provisões médicas essenciais de resposta à covid-19. Têm também permitido o transporte aéreo de profissionais de saúde especializados, incluindo peritos que trabalham no apoio aos esforços do Governo timorense para conter o vírus.

O PAM operou, desde junho do ano passado, 19 voos charter e transportou 1.354 passageiros e 14,5 toneladas métricas de fornecimentos médicos e essenciais de e para Timor-Leste. Até 83 organizações, incluindo o Governo de Timor-Leste e o corpo diplomático do país, beneficiaram deste serviço.

Os fundos da UE e da OMS ajudarão o PAM a assegurar a continuidade dos serviços de aviação entre Díli e Kuala Lumpur até agosto de 2021, eventualmente com maior frequência.

“Graças a esta contribuição, o PAM pode continuar este serviço aéreo vital ao povo de Timor-Leste”, disse Dageng Liu, Representante do PAM em Timor-Leste.

Jornalista: Maria Auxiliadora

Editor: Zezito Silva

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!