iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, INTERNACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Embaixador português e MAPCOMS discutem cooperação na área de comunicação social

Embaixador português e MAPCOMS discutem cooperação na área de comunicação social

Ministro dos Assuntos Parlamentares e Comunicação Social (MAPCOMS), Francisco Jerónimo, e o Embaixador de Portugal em Díli, José Pedro Machado Vieira. Imagem/SECOMS.

DÍLI, 13 de agosto de 2020 (TATOLI) – O Ministro dos Assuntos Parlamentares e Comunicação Social (MAPCOMS), Francisco Jerónimo, e o Embaixador de Portugal em Díli, José Pedro Machado Vieira, discutiram hoje a cooperação na área da comunicação social, com destaque para a formação da Língua Portuguesa para jornalistas, em Timor-Leste levada a cabo pelo projeto Consultório da Língua para Jornalistas (CLJ).

“Abordámos o tema da cooperação entre os governos português e timorense, principalmente na área da comunicação social de Timor-Leste”, disse o Ministro dos Assuntos Parlamentares e Comunicação Social, no Palácio do Governo, em Díli.

Segundo o governante, o Instituto Camões, da Cooperação e da Língua apoia a formação direcionada aos profissionais de comunicação social, em especial aos jornalistas, com o intuito de aperfeiçoar a escrita jornalística, sobretudo de notícias em português.

O ministro lembrou ainda que os cursos destinados a jornalistas timorenses arrancaram há dois anos e prometeu que os mesmos se manterão no próximo ano.

“Dispomos agora de uma equipa de revisores timorenses que recebe apoio por parte dos professores portugueses na revisão dos textos jornalísticos. Daremos continuidade aos cursos de formação de Língua Portuguesa na área do jornalismo. Registámos já avanços, como o Timor Post, Agência Noticiosa TATOLI, RTTL e outros jornais que escrevem também notícias em português”, afirmou.

Também o Embaixador de Portugal em Timor-Leste, José Pedro Machado Vieira, destacou, no encontro, a estreita cooperação entre os executivos de Portugal e de Timor-Leste no que diz respeito à comunicação social.

“O enfoque incide no projeto Consultório da Língua para Jornalistas. O projeto tem funcionado muito bem e tanto Timor-Leste como Portugal manifestam vontade em expandirem o projeto, destinado à formação não apenas dos jornalistas mas também a todos os profissionais de comunicação social, pessoas do Governo, imprensa, entre outros, cuja vertente assenta no reforço da Língua Portuguesa, além da área técnica”, afirmou.

Jornalista: Nelia Fernandes

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!