iklan

ÚLTIMAS NOTÍCIAS, INTERNACIONAL, ECONOMIA, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Embaixadas de TL no estrangeiro recebem transferência do pagamento de subsídio a estudantes

Embaixadas de TL no estrangeiro recebem transferência do pagamento de subsídio a estudantes

Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Adaljiza Magno. Imagem Tatoli/Egas Cristovão.

DÍLI, 02 de julho de 2020 (TATOLI) – A Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Adaljiza Magno, revelou que as embaixadas de Timor-Leste (TL) no estrangeiro receberam já a transferência do orçamento para pagamento do subsídio aos estudantes não bolseiros residentes na diáspora.

“Confirmei que [o Banco Central] efetuou já a transferência [do subsídio] a todas as embaixadas [no estrangeiro]. Agora, aguardam ainda a transferência do subsídio para a conta bancária de cada estudante não bolseiro”, afirmou Adaljiza Magno, no Palácio do Governo, em Díli.

Recorde-se que o Vice-Coordenador interino do Secretariado Técnico do Fundo Covid-19, Ernesto da Conceição Silva, tinha antes afirmado de que o Ministério das Finanças tinha concluído a transferência do subsídio para 2351 estudantes não bolseiros em dez países através da conta bancária das embaixadas.

“O pagamento de subsídio foi enviado ao Banco Central de Timor-Leste, o que significa que foi feita já a transferência para a conta bancária de cada nação”, afirmou.

Segundo o vice-coordenador, após a transferência de subsídio, compete a cada embaixada assegurar o pagamento, transferindo as verbas para a conta bancária pessoal dos estudantes que residem na Indonésia, Malásia, Filipinas, Tailândia, Vietname, Austrália, Brasil, Índia, Portugal e Estados Unidos da América (EUA).

Em relação ao número de estudantes não bolseiros, Ernesto Silva afirmou na altura que os 12 estudantes moradores nos EUA receberiam mil dólares americanos cada, enquanto 205 nas Filipinas, 34 no Brasil, seis na Tailândia, 40 no Vietname e nove na Malásia teriam direito a 150 dólares.

Já aos 1121 estudantes residentes em Java, 226 em Bali, 33 na Atambua, 195 em Kupang, na Indonésia, e um na Índia ser-lhes-ão atribuídos 100 dólares cada. Finalmente, oito estudantes a residirem na Austrália e 461 em Portugal receberão 500 dólares.

“Foi transferido o orçamento no valor de 1,3 milhões de dólares destinado a 2351 estudantes não bolseiros em dez países”, avançou.

O pagamento de subsídio aos 2351 estudantes, referente a três meses, é efetuado numa só vez.

Notícia relevante: Conselho de Gestão aloca 3,2 milhões de dólares para atribuição de subsídio a estudantes não bolseiros

Jornalista: Nelia Fernandes

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!