iklan

NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

CIGC pede a comunidade que colabore na vigilância de sentinela

CIGC pede a comunidade que colabore na vigilância de sentinela

Porta-voz do CIGC, Sérgio Lobo.

DÍLI, 12 de maio de 2020 (TATOLI) – Sérgio Lobo, o porta-voz do Centro Integrado de Gestão de Crise (CICG), apelou à população que colaborasse ativamente na vigilância de sentinela assegurada pelo CICG e Ministério da Saúde (MS).

“A vigilância de sentinela é a melhor forma de podermos acabar com uma eventual transmissão da covid-19 no nosso país. Devemos, por isso, elogiar a iniciativa do Governo e adotar a vigilância de sentinela. Muitos países não optaram por adotar a nossa estratégia e estão agora a pagar um preço muito alto. Apresentam muitos casos de doentes com covid-19 e mortos, sendo que o pior é o facto de não conseguirem controlar a situação”, defendeu hoje o porta-voz, no Centro de Convenções de Díli.

Sérgio Lobo reitera a necessidade de participação de toda comunidade na vigilância de sentinela e sindrómica de forma a que qualquer cidadão possa comunicar com o centro de saúde, caso tenha conhecimento de pessoas com sintomas como problemas respiratórios.

Recorde-se que ações de vigilância de sentinela tiveram lugar na passada semana em diversos municípios, tendo uma equipa do Ministério da Saúde (MS) já recolhido 515 amostras, 63 das quais suspeitas e 452 consideradas não suspeitas, ainda que tenham tido alguns sintomas.

“Das 515 amostras recolhidas, 133 deram resultado negativo, enquanto nas restantes ainda se aguarda o resultado dos testes”, disse.

No que diz respeito aos dados do boletim epidemiológico, mantêm-se os 24 casos confirmados e 22 pessoas recuperadas.

“Seis pessoas estão em isolamento e o seu estado de saúde está estável. Quatro delas efetuaram já o primeiro teste de despiste e deram negativo. Esperamos agora o resultado do segundo teste”, afirmou.

Sérgio Lobo afirmou também que 781 testes realizados no Laboratório Nacional deram negativo e 147 pessoas aguardam os resultados.

“Encontram-se atualmente 91 pessoas em isolamento – três em autoquarentena em Díli, 28 em quarentena nos municípios e ainda 60 em confinamento obrigatório na capital”, revelou.

O porta-voz adiantou ainda que 2.177 pessoas já cumpriram os 14 dias de confinamento.

Jornalista : Nelia Fernandes

Editora : Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!