iklan

DÍLI, NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA

Prisão de Becora mantém suspensão de atividades sociais e visitas a reclusos

Prisão de Becora mantém suspensão de atividades sociais e visitas a reclusos

Diretor da Prisão de Becora, João Domingos. Imagem/ António Gonçalves.

DÍLI, 15 de abril de 2020 (TATOLI) – O Estabelecimento Prisional de Becora decidiu hoje estender, por período indeterminado, a suspensão das atividades sociais e visitas aos reclusos para conter um possível surto da covid-19 em Timor-Leste.

Recorde-se que as atividades sociais tinham sido suspensas em todos os estabelecimentos prisionais timorenses – Becora, Gleno e Suai – por um período de 19 dias, entre 23 de março e 10 de abril, em cumprimento do despacho do Ministro da Justiça, Manuel Cárceres.

“O aviso anterior dizia apenas até 10 de abril de 2020, mas agora mantemos a suspensão [destas atividades] para evitar a propagação da covid-19”, informou esta quarta-feira o Diretor da Prisão de Becora, João Domingos, em resposta à Agência Tatoli, via Whatsapp.

João Domingos afirmou também que, quando o Estado vier a decretar o controlo da covid-19, todas estas atividades serão retomadas.

Quanto aos reclusos mais recentes, o diretor revelou que os médicos destacados na Clínica da Prisão de Becora os obrigam a ficar em quarentena.

“Desde 23 de março, registaram-se seis novos presos, quatro dos quais de Díli e dois de Baucau. Ao entrarem, aplicámos-lhes a quarentena e estão sob observação médica”, afirmou, acrescentando que o quadro clínico de todos os reclusos, tanto novos como antigos, não apresenta quaisquer sintomas da covid-19.

Jornalista : Nelson de Sousa
Editor : Francisco Simões

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!