iklan

DÍLI, NACIONAL, NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA, NOTÍCIAS DE HOJE

Dados da SEPC: 1.105 habitações danificadas e mais de seis mil pessoas afetadas pelas cheias

Dados da SEPC: 1.105 habitações danificadas e mais de seis mil pessoas afetadas pelas cheias

Casa danificada provocadas pelas cheias. Imagem/Tatoli.

DÍLI, 16 de março de 2020 (TATOLI) – O Diretor-Geral da Secretaria de Estado da Proteção Civil (SEPC), o Chefe da Polícia Ismael da Costa Babo, revelou hoje que a SEPC registou até ao momento 1.105 habitações danificadas e mais de seis mil pessoas afetadas pelas cheias que provocaram várias inundações na passada sexta-feira.

“O relatório provisório indica que 1.105 casas sofreram danos e mais de seis mil pessoas foram diretamente afetadas pelas cheias, incluindo crianças, adultos e idosos”, disse o Diretor-Geral do SEPC, em Caicoli, Díli.

Segundo Ismael Babo, a SEPC decidiu criar 12 equipas com o objetivo de identificarem o número total de vítimas afetadas pelas fortes chuvas torrenciais que assolaram vários bairros do centro e leste da cidade de Díli.

“No primeiro dia, foram inicialmente criadas seis equipas. No entanto, disponibilizámos ontem mais equipas, totalizando 12, para responder eficazmente à questão. O objetivo é recolher todos os dados relativos aos danos materiais e físicos em todas as zonas de Díli, nomeadamente nos bairros mais afetados pelas cheias”, referiu.

O diretor salientou ainda que o processo de identificação está em curso, pelo que a SEPC não possui ainda um relatório completo sobre todos os estragos provocados pelas enxurradas, em particular nas zonas próximas de ribeiras.

Ismael Babo acrescentou que a SEPC prestou de imediato apoio de emergência às vítimas das cheias.

“Prestamos assistência humanitária. Fornecemos, assim, alimentos, equipamentos de cozinha e outros bens às vítimas já identificadas em Hera. Disponibilizámos também apoio a outras zonas afetadas, mas ainda não dispomos do relatório completo. A nossa equipa mantém, por isso, o seu trabalho de modo a garantir que todas as vítimas recebam auxílio”, afirmou.

“Coordenamo-nos com todos os ministérios para atender todas as vítimas, como a EDTL, Ministério das Obras Públicas, Ministério da Educação, autoridades locais e população. As equipas deram início às ações de limpeza por toda a cidade”, adiantou.

Segundo Ismael Babo, os dados provisórios de que a SEPC dispõe mostram que diversas famílias foram vítimas das cheias – 198 famílias em Hera, 21 em Santa Cruz e 15 em Bidau Santa Ana. Já em Becora, Becússi, Ponte My Friend, entre outros locais afetados, ainda não receberam apoio por não terem sido identificadas.

Jornalista: Nelia Borges
Editora : Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!