iklan

HEADLINE, SAÚDE

Tuberculose mata três pessoas no primeiro semestre do ano

Tuberculose mata três pessoas no primeiro semestre do ano

Foto especial

DÍLI, 19 de junho de 2024 (TATOLI) – Nos primeiros seis meses do ano, a Clínica do Bairro Pité (CBP) registou 216 casos de tuberculose, três dos quais resultaram em morte. A informação foi divulgada à imprensa pelo Gestor do Programa de Prevenção e Tratamento de Tuberculose da CBP, José Soares.

Segundo o dirigente, 20 dos pacientes estão a receber tratamento médico no Instituto Secular Maun-Alin em Cristo, no município de Liquiçá, e os restantes estão a ser acompanhados na CBP.

O diretor explicou que os pacientes devem cumprir o tratamento médico até à recuperação da doença, sendo que esta pode acontecer entre seis e nove meses. “Como temos os dados pessoais de cada um dos pacientes, sempre que notamos que um deles abandona o tratamento, levamos a medicação a sua casa. É importante que os pacientes com tuberculose não parem de tomar a medicação prescrita pelo médico, pois, caso o façam, correm risco de vida”, disse José Soares.

De acordo com a literatura médica, a tuberculose é uma doença infeciosa que se transmite entre pessoas, maioritariamente por via inalatória, ou seja, pela inalação de gotículas expelidas pela pessoa doente quando tosse, fala ou espirra.

Recorde-se que a CBP tinha registado 500 casos de tuberculose no ano passado e 525 casos em 2022.

Notícia relacionada: Tuberculose e diabetes ganham valências para diagnóstico

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!