iklan

ECONOMIA, HEADLINE

MOVE promove empreendedorismo local

MOVE promove empreendedorismo local

Foto da MOVE

DÍLI, 29 de maio de 2024 (TATOLI) – A Organização Não-Governamental (ONG) portuguesa MOVE, uma organização sem fins lucrativos, vai facultar formação a empreendedores timorenses com vista à garantia do desenvolvimento de projetos sólidos e sustentáveis.

A Coordenadora da MOVE em Timor-Leste, Sancha Pinto, ressaltou a importância do empreendedorismo como uma ferramenta poderosa para promover a inclusão social e económica.

Para a dirigente, o empreendedorismo pode ser um meio eficaz de empoderar indivíduos, permitindo-lhes criar oportunidades de negócios que podem levar à autossuficiência e ao crescimento económico sustentável.

Sancha Pinto explicou que a MOVE dispõe três de programas, o WAKE, o SHAKE e o MAKE (numa tradução livre: acordar-agitar-implementar): o WAKE visa “promover e inspirar o germinar de ideias de negócios” nas comunidades, através de dinâmicas de problematização da realidade envolvente. Já o programa SHAKE visa “apoiar os empreendedores a transformar uma boa ideia num modelo de negócio viável”, enquanto o último, o MAKE, “presta assistência através de consultoria, lado a lado com os empreendedores, a criarem projetos viáveis em negócios sustentáveis, autossuficientes, e com impacto para os próprios e para a família e a comunidade”.

“A MOVE chegou a Timor-Leste em 2011. O objetivo é tirar as pessoas do ciclo da pobreza através do empreendedorismo. Assim, o que os nossos voluntários fazem no país é dar aos empresários materiais suficientes para serem autossuficientes nos seus negócios”, informou a responsável à Tatoli, em Caicoli, Díli.

A responsável sublinhou que os beneficiários da MOVE tem tido sucesso em diferentes áreas, como por exemplo na área da restauração, da arte e de marketing digital. “Já tivemos 15 empreendedores acompanhados no MAKE, alguns dos quais tiveram sucesso, como por exemplo Kios Matenek e Mehi Cafetaria”, especificou.

De acordo com os dados da organização, entre 2020 e 2023, a MOVE facultou formação a 21 empreendedores no programa WAKE, 30 no SHAKE, e 20 no MAKE.

De acordo com a agenda, a MOVE vai organizar uma feira de empreendedorismo, cuja data será anunciada brevemente, onde os beneficiários do SHAKE vão apresentar os seus modelos de negócio a um painel de jurados. De seguida será selecionado um vencedor que terá o apoio da MOVE na gestão da sua atividade empresarial.

A MOVE foi fundada em 2009 e atua em Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Notícia relevante: MOVE: ‘acordar-agitar-implementar’ na génese de um negócio sustentável e autossuficiente

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!