iklan

INTERNACIONAL, HEADLINE

Democracia e liberdade pautam comemorações do 25 de abril

Democracia e liberdade pautam comemorações do 25 de abril

Imagem do Centro Cultural Jorge Sampaio

DÍLI, 17 de abril de 2024 (TATOLI) – Este ano comemora-se o 50.º aniversário da Revolução de Abril, um momento que marcou o início da vida democrática em Portugal. O golpe militar a 25 de abril de 1974 foi conduzido pelo Movimento das Forças Armadas e pôs termo ao regime autoritário do Estado Novo, abrindo caminho para a resolução do problema da guerra colonial,  para a democratização e para o desenvolvimento de Portugal.

O Centro Cultural Jorge Sampaio, da Embaixada de Portugal em Timor-Leste, em parceria com individualidades timorenses e projetos de cooperação, divulgou um cartaz recheado de atividades que se estendem até ao dia 04 de maio. Democracia e liberdade são as palavras de ordem na lista de atividades a realizar no âmbito desta comemoração. Nesta senda, as atividades, desde filmes a debates, passando por música e artes plásticas, tencionam envolver uma variedade de públicos, desde crianças a adultos, timorenses e portugueses, num programa já começado a 13 de abril com o momento 25 de abril, 25 poemas e o documentário 25 minutos de uma revolução, e a terminar a 04 de maio.

Segundo a programação, no próximo sábado, dia 20, será possível assistir ao segundo capítulo da curta-metragem 25 de abril, Quinta-Feira, participar no debate 25 de Abril, o desafio da Democracia e assistir ao anúncio dos resultados do concurso de cartazes A minha liberdade é de todos.

“No dia 25, iremos ter um concerto, no Hotel Timor, onde vários artistas timorenses cantarão músicas que marcaram a revolução, começando pela Grândola, Vila Morena. O concerto terminará com o tema Kadalak Suli Mutu, uma homenagem de Timor ao 25 de abril”, informou a Embaixadora de Portugal em Timor-Leste, Manuela Bairos, após um encontro com o Presidente da República, José Ramos Horta.

As atividades prosseguem no dia 30 de abril com a realização da oficina para crianças Era uma vez um cravo e com a de leitura de excertos da obra Esteiros, de Soeiro Pereira Gomes, em paralelo com a exibição de um documentário, visando suscitar o debate sobre o trabalho infantil.

No dia 03, decorrerá o debate Liberdade de imprensa e o 25 de Abril, organizado pelo Consultório da Língua para Jornalistas (CLJ). No dia 04 de maio, alunos de duas escolas do Projeto Escolas Amigas da CPLP (CAFE de Díli e Escola 04 de Setembro) animarão os presentes com a declamação de poemas e momentos musicais.

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!