iklan

ECONOMIA

Manatuto acolhe celebrações do Dia Nacional do Sândalo e das Florestas

Manatuto acolhe celebrações do Dia Nacional do Sândalo e das Florestas

As árvores de sândalo. Imagem/Google.

DILI, 09 janeiro 2024 (TATOLI) – O Dia Nacional do Sândalo e das Florestas celebra-se no próximo dia 13, este ano sob o tema Plantar Árvores para uma Vida Melhor no Futuro. Para o efeito, o Governo pretende assinalar o dia, cultivando 500 mil árvores de sândalo e organizando uma exposição de vários viveiros, no suco de Aitias, em Manatuto.

Segundo o Diretor Nacional de Gestão das Bacias Hidrográficas e Áreas Mangais do Ministério da Agricultura, Pecuária, Pesca e Florestas, Adalfredo Ferreira, o ministério pretendia que anualmente fossem produzidas mais de milhão de sementes de sândalo, contudo o orçamento alocado à Direção-Geral das Florestas é insuficiente.

“No orçamento da Secretaria de Estado das Florestas foram alocados 400 mil dólares americanos aos bens e serviços, mas a secretaria pretende gerir aquele montante de modo a conseguir produzir entre 250 mil e 300 mil sementes de plantações”, informou o dirigente, em Caicoli, Díli.

Ainda de acordo com Adalfredo Ferreira, a Asian Forest Cooperation, uma organização intergovernamental da Ásia que pretende reforçar a cooperação no domínio das florestas, disponibilizou 12 mil dólares para a organização das atividades do Dia Nacional do Sândalo e das Florestas.

Recorde-se que o Governo decretou o dia 13 de janeiro como o Dia Nacional do Sândalo e das Florestas, com o intuito de assinalar o papel central das florestas na manutenção de um ambiente saudável, na conservação da diversidade de animais e plantas e no desenvolvimento económico. O sândalo foi reconhecido como árvore emblemática de valor nacional.

Notícia relacionada: MAP plantou 320 mil árvores de sândalo em cinco anos

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!