iklan

NACIONAL, NOTÍCIAS DE HOJE

‘Migração das Baleias’ é vencedora do prémio Adelino Gomes

‘Migração das Baleias’ é vencedora do prémio Adelino Gomes

Constantino Sávio, jornalista do Timor Post (Foto: Arquivo pessoal)

BOBONARO, 17 de outubro de 2023 (TATOLI) – O Conselho de Imprensa de Timor-Leste atribui prémios de jornalismo como forma de reconhecimento do trabalho jornalístico e da ação dos órgãos de comunicação social. A cerimónia, no âmbito da comemoração do Dia Nacional de Liberdade de Imprensa ocorreu em Balibó, local onde foram assassinados cinco jornalistas australianos em 1975.

O prémio de Jornalismo da Paz Maria Goreti foi para a Lafaeknews.tl na categoria media online, para o GMN na categoria media televisiva e para o jornal Independente na categoria media impresso. O órgão de comunicação social online Hatutan.com foi contemplado com os prémios Bernardino da Costa (fotojornalismo), na pessoa de Élio Costa, e o de Francisco Borja da Costa, sobre assuntos sociais, via Cipriano Colo.

O Prémio Adelino Gomes, para o melhor trabalho jornalístico em língua portuguesa, teve como  vencedor Constantino Sávio, jovem jornalista do Timor Post. Inquirido pelos jornalistas presentes, Constantino Sávio mostrou “orgulhoso”. Para ele “subir ao pódio foi uma surpresa”.

“Fico muito feliz por ganhar o prémio. Não sabia que ia ganhar. Obrigado a Deus pela sua graça para que eu pudesse escrever um produto jornalístico com impacto social. Obrigado ao Consultório da Língua para Jornalistas, que me ajudou muito no meu desenvolvimento pessoal e profissional e ao Timor Post, onde exerço funções”, realçou Constantino Sávio no rescaldo da cerimónia de entrega de Prémios.

O texto premiado Migração de Baleias: fenómeno ao alcance do olhar do povo timorense, usando várias fontes e testemunhos, explora a especificidade do itinerário migratório das baleias pelo Mar de Timor, o seu valor biológico, turístico e económico. Chama também a atenção para a importância de preservar aqueles cetáceos como espécies “em perigo”.

De recordar que a instituição destes prémios visa, de acordo com a lei que os criou (Deliberação n.º 1/2021 de 17 de Março de 2021) “contribuir para a formação da opinião pública e educação cívica dos cidadãos”, “promover a democracia”, “divulgar informações e notícias e difundir conhecimento, a cultura, os valores e a identidade nacionais”, “promover a paz e a estabilidade sociais, a harmonia e a solidariedade nacionais”, e “defender a paz e a solidariedade entre os povos”.

Entre os critérios a valorizar, na avaliação dos textos submetidos, pontificavam aspetos como a pertinência, relevância e impacto da informação para o público, a capacidade para despertar e cativar o interesse, a objetividade, independência e respeito pelos princípios éticos do jornalismo, a originalidade, a profundidade da investigação, a qualidade do texto, a simplicidade da linguagem, o rigor científico e um conteúdo específico de cada categoria.

Notícia relacionada: Jornalista Isaura Lemos vence Prémio Adelino Gomes com reportagem “Rostos da Pobreza”

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!