iklan

ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Inspeção-Geral de Jogos incapaz de fiscalizar atividades por falta de recursos, diz dirigente

Inspeção-Geral de Jogos incapaz de fiscalizar atividades por falta de recursos, diz dirigente

Inspetor-Geral de Jogos, Domingos Guterres.

DÍLI, 09 de maio de 2023 (TATOLI) – A Inspeção-Geral de Jogos (IGJ) não consegue realizar o trabalho de fiscalização que lhe compete devido à falta de recursos, incluindo humanos, lamentou o Inspetor-Geral Domingos Guterres. Para atuar em todo o território nacional, a IGJ dispõe de 30 funcionários, quantidade considerada insuficiente.

“Além dos poucos funcionários, temos apenas dois veículos. Esta insuficiência de meios dificulta o nosso trabalho e levanta muitos problemas na cobertura de todos os municípios e de todos os tipos de jogos, sendo que muitos são ilegais”, confessou o dirigente.

“Kuro Kuro”, “bola guling”, “futu manu” (luta de galos), jogos de casino, lotarias e apostas desportivas são algumas das atividades que devem obter licença da IGJ para funcionamento.

Os responsáveis pelas ilegalidades identificadas pela IGJ estão sujeitos a uma penalização com coimas que podem chegar aos 100 mil dólares americanos, dependendo da ilegalidade cometida.

A IGJ de Timor-Leste teve a estrutura aprovada pelo Decreto-Lei n.º 10/2008, como parte dos esforços do governo para regulamentar a indústria de jogos no país.

Segundo Domingos Guterres, a IGJ arrecadou no primeiro trimestre de 2023 mais de um milhão de dólares americanos para os cofres do Estado. A estimativa é de que o valor ultrapasse os quatro milhões até ao fim deste ano.

Notícia relevante: Inspeção de Jogos arrecada 2,8 milhões de dólares americanos

Equipa da TATOLI

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!