iklan

POLÍTICA, INTERNACIONAL, DÍLI, NOTÍCIAS DE HOJE

“Fragile States in an Unequal World” descreve papel do g7+ na diplomacia internacional

“Fragile States in an Unequal World” descreve papel do g7+ na diplomacia internacional

Imagem da Tatoli

DÍLI, 31 de janeiro de 2023 (TATOLI) – A organização intergovernamental dos Países Afetados por Conflitos (g7+), em parceria com o Ministério das Finanças de Timor-Leste, lançou o livro “Fragile States in an Unequal World” da autora Isabel Rocha de Siqueira, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), sobre o papel da organização na diplomacia internacional e na cooperação para o desenvolvimento.

O Secretário-Geral da g7+, Hélder da Costa, realçou que o livro descreve o percurso da organização ao longo dos seus 12 anos de existência.

“O livro servirá para que a nova geração de diplomatas, jornalistas e estudantes de relações internacionais aprendam sobre  países afetados por conflitos, porque esta organização foi fundada há doze anos e tem feito muitas coisas a nível global, tais como promover e defender a paz em vários países”, informou à Tatoli, à margem da cerimónia de lançamento que teve lugar no Ministério das Finanças, em Díli.

Hélder da Costa acrescentou que o prefácio ficou a cargo de Xanana Gusmão e que a obra foi lançada em  Inglaterra, em 2022.

A Embaixadora de Portugal em Timor-Leste, Manuela Freitas Bairos, considera que este livro contribui para a afirmação dos Estados frágeis.

“O livro é uma referência, ainda não o li, mas tanto quanto eu pude perceber, é uma recolha de histórias dos estados mais frágeis e será um livro muito importante para que as novas gerações em Timor-Leste percebam o que é que foi a luta pela autodeterminação”, informou à Tatoli.

“Vivendo em liberdade, conseguimos criar condições para os cidadãos serem cada vez mais autossuficientes e mais confiantes”, acrescentou.

A diplomata explicou que, em termos de democracia, Timor-Leste tornou-se uma referência na região e no mundo, como um país que sabe respeitar a sua dolorosa história.

A obra é composta por oito capítulos e 233 páginas. Descreve o papel do g7+ na diplomacia internacional e na cooperação para o desenvolvimento, apresenta os membros do g7+: porque é que passaram a acreditar na política e nas decisões; como se sentem em relação ao seu trabalho, à sua família e às suas comunidades; e o que querem deixar para as próximas gerações.

Combinado entre a literatura e factos concretos – juntamente com outros elementos tais como ilustrações, bandas desenhadas e fotografias para contar as histórias anteriormente não contadas de funcionários públicos em países pobres e afetados por conflitos, a obra oferece uma perspetiva micro e macro sobre as políticas de desenvolvimento.

A obra será de interesse para profissionais de grandes organizações de desenvolvimento, estudantes e professores de cursos de desenvolvimento, decisores políticos, funcionários públicos, sociedade civil, ativistas que trabalham em ONG internacionais, e jornalistas que fazem reportagens sobre a indústria do desenvolvimento, bem como para aqueles que têm um interesse geral na cooperação internacional para o desenvolvimento, diplomacia internacional e outros.

 Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Isaura Lemos de Deus 

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!