iklan

ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Projeto Rice Domestic aumenta produção de arroz em Bulutu e Maliana I 

Projeto Rice Domestic aumenta produção de arroz em Bulutu e Maliana I 

Plantações de arroz em Welaluhu.

DÍLI, 06 de dezembro de 2022 (TATOLI) – O Projeto Rice Domestic da Agência Internacional de Cooperação do Japão (JICA), em parceria com o Ministério da Agricultura e Pescas (MAP), implementado em Maliana I, em Bobonaro, e Buluto, entre Manatuto e Vemasse-Baucau, apresentou resultados significativos, sobretudo no aumento da produção de arroz.

O Coordenador do Projeto, Amaro Ximenes, adiantou que os agricultores nas zonas em causa aumentarem a produtividade por cada hectare de arrozal, dando como exemplo, o facto de antes da existência do projeto a colheita rondar as duas toneladas, mas, depois dele, aumentou até seis.

O alvo do Projeto Rice Domestic é aumentar a produção de cada hectare de arrozal para oito toneladas num futuro próximo. A implementação do projeto deveria situar-se entre 2016 e 2021, mas, por causa da covid-19, estendeu-se até dezembro de 2023.

Segundo Amaro Ximenes, os agricultores que estão envolvidos na produção de arroz, possuem 700 hectares em Buluto e 1.700 em Manatuto e estão organizados em 83 grupos de produtores.

Para melhor produção, os peritos da JICA têm oferecido apoio técnico, sobretudo no cultivo, na gestão de irrigação, na venda de arroz ao setor privado e ao Estado. Partilham também informações aos agricultores e criam as condições políticas necessárias para a promoção de arroz local.

Também a representante da JICA em Timor-Leste, Oshiro Hana, admitiu que o projeto tem resultados positivos, sobretudo na produção de arrozais, salientado que a JICA tem o compromisso de continuar a cooperação com o MAP após a conclusão do projeto.

A JICA apoia ainda o MAP com os equipamentos agrícola como exemplo adubos, pesticidas e as máquinas para colher grãos de arroz.

Agricultores do projeto Rice Domestic vão ter rendimentos superiores a mil dólares em 2022

Os agricultores do Projeto Rice Domestic da JICA e do MAP atingiram, em 2022, um rendimento superior a mil dólares americanos. O projeto ocorre em Buluto, entre os municípios de Baucau e Manatuto e ainda Maliana I, no município de Bobonaro

“Os agricultores deste projeto produziram este ano cerca de 3.500 toneladas de arroz. Posteriormente venderam cada quilograma por 40 centavos”, informa o relatório a que a Tatoli teve acesso.

Neste projeto, que beneficia de sistemas de irrigação modernos, os agricultores canalizam a sua produção para o Centro de Logística Nacional, do Ministério do Turismo, Comércio e Indústria, para a empresa ACELDA, sendo depois comercializados em supermercados, restaurantes e na Loja Agricultor, em Díli.

O relatório refere que a produção de arroz contribui para garantir a segurança alimentar, ajudou o abastecimento do programa da cesta básica e mitigou a falta de alimentos durante a situação emergência. Finalmente, contribuiu para promover os produtos locais.

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!