iklan

EDUCAÇÃO, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

IPG: informações geológicas podem atrair investidores internacionais

IPG: informações geológicas podem atrair investidores internacionais

Participantes da conferência internacional organziado pelo IPG. Imagem Tatoli/António Gonçalves.

DÍLI, 15 de novembro de 2022 (TATOLI) – O Instituto do Petróleo e Geologia (IPG) organizou uma conferência internacional, que decorre entre os dias 15 e 18 deste mês, para apresentar informações geológicas passíveis de serem utilizadas para a diversificação económica e desenvolvimento sustentável.

O Ministro do Petróleo e Minerais, Victor Soares, disse que a apresentação dos dados geológicos tem como fim atrair investidores internacionais ao país.

“Os dados e as informações geocientíficos dão-nos detalhes sobre o tipo de recursos naturais que temos no país. O nosso trabalho é assegurar os dados e mapas geocientíficos suficientes para permitir que empresas invistam no país”, disse o vice-presidente do IPG, no âmbito da V conferência internacional, no Centro de Convenções de Díli (CCD).

O IPG ainda vai continuar a recolher os dados tanto em mar, como em terra com o objetivo de atrair empresas internacionais de petróleo, gás e minerais.

O Presidente da Comissão Organizadora e Vice-Presidente do Instituto do Petróleo e Geologia (IPG), Oktoviano de Jesus, revelou que existem no país ouro e prata.

“As amostras de minerais tiveram de ser enviadas para laboratórios do Canadá, da Austrália e da Indonésia para análise, uma vez que o país não tem como a fazer. O Estado precisa de investir em equipamentos adequados e na construção de um laboratório para o efeito”, referiu.

A conferência conta com diversos oradores nacionais e internacionais, geólogos e profissionais ligados ao petróleo.

A conferência aborda vários temas como a gestão de recursos geológicos, gestão de base de dados sobre informação geológica, a sustentabilidade e a volatilidade recursos geológicos, bem como recursos geologicamente perigosos.

O IPG disponibilizou um orçamento de cerca de 100 mil dólares americanos para a conferência internacional. O evento conta com mais de 500 participantes.

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

One Comment

  1. Em 2010 fui a Timor e levei na bagagem um dossier com ofertas da companhia(laboratorio), onde trabalhei durante mais de 32 anos. Fui ao palacio para falar com o presidente que por sinal era o Horta. Companhia que e a maior do mundo no sector analitico, minerais, aguas, agricultura, oil & gas etc….
    Nao fui digno de ser recebido por um timorense irmao!

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!