iklan

HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE, SAÚDE

Timor-Leste recebe equipamentos médicos para prevenir a covid-19

Timor-Leste recebe equipamentos médicos para prevenir a covid-19

Timor-Leste recebe equipamentos médicos para prevenir a covid-19. Imagem Tatoli/António Daciparu.

DÍLI, 24 de outubro de 2022 (TATOLI) – A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento (USAID) e o Fundo de Emergência Internacional das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) disponibilizaram hoje equipamentos médicos para prevenir os efeitos da crise sanitária provocada pela covid-19 e recuperar o sistema de saúde do país.

A representante adjunta da UNICEF em Timor-Leste, Ainhoa Jaureguibeitia, afirmou que a sua agência e a USAID entregaram 50 concentradores de oxigénio, equipamentos de proteção individual e outros materiais necessários para prevenir a covid-19.

“Os concentradores de oxigénio são importantes para salvar as pessoas que sofrem de infeções respiratórias agudas e para tratar de doenças do foro pulmonar e, por isso, fornecemos 50 concentradores de oxigénio adicionais ao Ministério da Saúde, para distribuir às instalações de saúde no país”, informou a dirigente, em Campo Alor, Díli.

Segundo Ainhoa Jaureguibeitia, a prevenção e o controlo da doença são importantes para  assegurar a saúde dos profissionais, dos pacientes e dos visitantes de unidades hospitalares.

Também o encarregado de negócios dos Estados Unidos da América (EUA), Tom Daley, comprometeu-se a continuar a apoiar a melhoria do sistema de saúde timorense. Recordou que, desde o surgimento da covid-19, os EUA forneceram mais de 200 mil doses da vacina da Pfizer e cerca de 7,4 milhões de dólares americanos para combater a doença.

“Estes equipamentos visam apoiar os centros de saúde em Baucau, Díli, Ermera, Covalima e Manatuto, visando melhorar a qualidade do sistema de abastecimento de água e cuidados de saúde e de higiene”, informou Tom Daley,

A este propósito, a Ministra da Saúde, Odete Belo, acrescentou que, além da prevenção do novo coronavírus, a equipa de saúde está a participar numa formação sobre cuidados de emergência crítica e, por isso, o ministério necessita destes materiais médicos.

“Se um dia eliminarmos a covid-19, devemos prestar atenção a outras doenças essenciais”, frisou.

O país registou, 23.253 casos de SARS-Cov-2 confirmados, 138 vítimas mortais e 23.102 recuperações desde o início da pandemia.

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!