iklan

INTERNACIONAL, ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Governo e BM assinam acordo de empréstimos de 121 milhões para projeto de fornecimento de água

Governo e BM assinam acordo de empréstimos de 121 milhões para projeto de fornecimento de água

Ministro das Finanças, Rui Gomes, e o representante do Banco Mundial (BM) Bernard Harborne assinaram um acordo conducente a um empréstimo de 121 milhões de dólares americanos. Imagem/MF.

DÍLI, 29 de julho de 2022 (TATOLI) – O Ministro das Finanças, Rui Gomes, e o representante do Banco Mundial (BM), Bernard Harborne, assinaram um acordo conducente a um empréstimo de 121 milhões de dólares americanos para um projeto de fornecimento de água na zona leste da capital.

“Díli enfrenta vários desafios sociais e ambientais. O grande problema na capital é o acesso a água potável no seio doméstico e torna-se mais complexo com o aumento do número de residentes em Díli, pois este aumento não é acompanhado por uma maior disponibilidade dos serviços de saneamento locais. Cerca de 1/3 da população de Timor-Leste está concentrada em Díli”, afirmou o governante, no âmbito da assinatura do acordo, em Aitarak-Laran.

Com este memorando visando o empréstimo, segundo Rui Gomes, criam-se condições para dar início a um esforço para responder à questão da falta de água. O projeto em causa vai beneficiar 82.380 pessoas e montar 12.482 contadores para famílias.

O plano começa no próximo mês de outubro e tem a duração de sete anos tendo em vista desenvolver, melhorar e expandir o sistema de distribuição e canalização de água na zona leste de Díli.

“O investimento estratégico no setor das infraestruturas, incluindo um mais amplo acesso a água potável,está integrado no Plano Estratégico de Desenvolvimento de 2011-2030. Este plano constitui uma base muito relevante para o programa do VIII Governo. Este plano define ainda as modalidades do investimento estratégico através dasParcerias Público-Privadas (PPP)”, referiu.

Rui Gomes realçou também que, além da modalidade dasPPP, o Executivo continua em conversações com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), com o Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) e com o BM, para empréstimos com juros baixos a fim de financiar o investimento em infraestruturas que terão um impacto no crescimento económico do país.

Recorde-se que o Governo recorreu, na última década, a empréstimos concessionais dos parceiros de desenvolvimento, num montante de 731 milhões de dólares americanos, dos quais já foram executados 257 milhões, ou seja, 36% do montante total.

O governante explicou ainda que o Governo começou, em 2012, a pagar faseadamente dívidas no valor de 20,3 milhões de dólares com juros de cerca de 18,4 milhões de dólares.

“O retorno do investimento do Fundo Petrolífero até maio deste ano atingiu de 4,33% por ano, comparando com o custo de empréstimo mais barato com 1,57% em cada ano”, concluiu.

Notícia relevante: Governo e Banco Mundial assinam um acordo de financiamento para projeto de fornecimento de água em Díli

Jornalista: Jesuína Xavier

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!