iklan

EDUCAÇÃO, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Mais de 1.300 professores receberam subsídio retroativo

Mais de 1.300 professores receberam subsídio retroativo

Diretor Nacional dos Recursos Humanos do MEJD, Justino Varela. Imagem/Isaura Lemos.

DÍLI, 07 de julho de 2022 (TATOLI) – O Ministério das Finanças procedeu ao pagamento do subsídio retroativo a 1.371 professores, revelou o Diretor Nacional dos Recursos Humanos do Ministério da Educação, Juventude e Desporto (MEJD), Justino Varela.

“Mais de 1.300 docentes já receberam, entre abril e junho, o subsídio retroativo, relativo à promoção de grau, entre um a seis”, afirmou o dirigente, em Balide, Díli.

Segundo Justino Varela, o MEJD tem de fazer uma verificação dos dados antes de enviar a listagem ao Ministério das Finanças para proceder ao pagamento.

“Já apresentamos os documentos de outros 2.500 professores à Comissão da Função Pública, para que aquela possa promovê-los nos próximos meses”, disse.

O dirigente recordou que o MEJD conta com um corpo docente de 10.523 professores permanentes e 4.902 contratados.

Já o Diretor-Geral da Administração de Gestão e Finanças, Antoninho Pires, esclareceu que o valor do subsídio tem por base o salário mensal e o tempo de serviço.

“Os subsídios variam entre 500 dólares americanos e 1.200”, concluiu.

Jornalista: Isaura Lemos de Deus

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!