iklan

INTERNACIONAL, ECONOMIA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE

Timor-Leste reafirma posição sobre plano do Greater Sunrise

Timor-Leste reafirma posição sobre plano do Greater Sunrise

Ministro do Petróleo e Minerais, Victor da Conceição.

DÍLI, 02 de julho de 2022 (TATOLI) – O Governo timorense reafirmou na Austrália a sua posição sobre o plano de desenvolvimento do projeto do Greater Sunrise em Timor-Leste.

A atitude foi reafirmada pela delegação de Timor-Leste, liderada pelo Ministro do Petróleo e Minerais, Victor da Conceição, que foi acompanhada pelo Presidente da Autoridade Nacional do Petróleo e Minerais (ANPM), Florentino Ferreira, à margem de uma reunião na Austrália com a Ministra dos Recursos, Madeleine King.

“Técnica e comercialmente, o desenvolvimento do projeto do Greater Sunrise é viável em Timor-Leste”, refere o comunicado do Ministério do Petróleo e Minerais a que a Tatoli teve hoje acesso.

No documento a que a Tatoli teve acesso, lê-se também que os estudos de viabilidade realizados já antecipavam o enquadramento de Timor-Leste numa posição consentânea ao acesso a organizações financeiras internacionais.

A governante australiana tomou nota da posição do Executivo timorense e falou numa colaboração contínua entre as partes envolvidas.

“A Ministra King prometeu transmitir a posição de Timor-Leste ao seu Governo”, conclui o documento.

A delegação de Timor-Leste encontra-se na Austrália para promover oportunidades de exploração mineira  de Timor-Leste junto das empresas australianas.

A empresa pública Timor Gás e Petróleo (Timor GAP) tem uma participação no consórcio do Greater Sunrise de 56,56%, a Woodside (operadora) 33,44% e a Osaka Gás 10%.

De acordo com o Tratado das Fronteiras Marítimas, se o gasoduto for para a Austrália, Timor-Leste recebe 80% das receitas e a Austrália 20%. Em Timor-Leste, este país recebe 70% dessas receitas e a Austrália 30%.

Notícia relevante: Governo discute desenvolvimento do campo petrolífero Greater Sunrise

Jornalista: Afonso do Rosário

Editora: Maria Auxiliadora 

iklan
iklan

One Comment

  1. Na minha mais modesta opiniao se for para a Australia, negociaria os 10% ou talvez mais, da diferenca no desenvolvimento do Turismo TL.
    Ha que diversificar e nao se pode ter todos os ovos numa so cesta.

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!