iklan

JUSTIÇA, HEADLINE, NOTÍCIAS DE HOJE, SEGURANÇA

Mais dois detidos por suspeita de tráfico humano

Mais dois detidos por suspeita de tráfico humano

Polícia Científica de Investigação Criminal (PCIC) deteve dois cidadãos indonésios.

DÍLI, 25 de junho de 2022 (TATOLI) A Polícia Científica de Investigação Criminal (PCIC) deteve dois cidadãos indonésios, originários do Sudão, por suspeita dprática do crime de tráfico humano, num caso que envolve sete trabalhadoras timorenses em Abu Dhabi.

A detenção ocorreu ontem, no Aeroporto Internacional Presidente Nicolau Lobato, em Díli.

Detivemos dois cidadãos estrangeiros, que estarão envolvidos em crimes de tráfico humano. Terão trabalhado com os timorenses detidos nos últimos dias”, avançou o DiretorAdjunto da PCIC, Adino Nunes Cabral, à Tatoli, em Colmera.

“Os dois estrangeiros e três timorenses terão estado em contacto com uma rede de crime transnacional para realizarem um novo recrutamento. Os dois cidadãos estrangeiros terão vindo cá para um novo recrutamento, mas conseguimos detetar os seus planos. Colocámos, por isso, a nossa equipa no Aeroporto Internacional para proceder à detenção“, avançou.

A PCIC tinha em sua posse um mandado de detenção emitido pelo Tribunal e os suspeitos serão presentes aprimeiro interrogatório num prazo de 72 horas.

Três timorenses, alegadamente ligados a agências na Indonésia, foram já detidos no âmbito deste caso e encontram-se na PCIC.

Sete mulheres timorenses, que optaram por não se identificarem, estarão a ser exploradas e a viver ilegalmente no Dubai, Emirados Árabes Unidos. A entidade empregadora terá confiscado os seus documentos e obrigado as mulheres a trabalhar sem contrato e a viver em condições desumanas.

Notícia relevante: Jovens timorenses alegam tráfico humano e trabalho forçado no Dubai 

Jornalista: Domingos Piedade Freitas

Editora: Maria Auxiliadora

iklan
iklan

Leave a Reply

iklan
error: Content is protected !!